(2008)

poster

a crítica

Novo e portentoso ensaio dos irmãos Dardenne sobre a sociedade em que vivemos, mas que apenas nos consegue cativar pelo extraordinário retrato humano que retira da personagem central”
João Antunes, Jornal de Notícias
Entre os dilemas morais da personagem central e os jogos de poder que se verificam na Europa dos nossos dias, o filme vai cimentando a sua trama dramática, provando que as questões políticas podem conter uma dimensão de espectáculo”
João Antunes, Premiere