(2008)

poster

Sugerir blog


Se achar que merecemos, p.f. coloque um link para esta p‡gina. Agradecemos o seu contributo!

Para submeter um link faça login ou registe-se

blogs

3.0/5A Verdade e só a Verdade, por Carlos Antunes
A Verdade e só a Verdade tem um fundo de parábola política e sobre a importância da defesa da possibilidade de dizer a verdade ao público, defender aqueles que o fazem e questionar o papel do governo ao intervir nesse processo.”
Split Screen, 20/Jun/2010
4.0/5Nothing but the Truth
O drama humano sentido é demasiado forte para o banalizar dessa forma. É sim uma forte história de vida baseada em eventos reais que conta com surpreendentes interpretações (Kate Beckinsale e Matt Dilon) e confirma o estatuto de um veterano (Alan Alda). A envergadura política é extremamente competente e permite uma longa reflexão sobre os abusos de poder onde o famoso dito popular “não olhar a meios para atingir fins” poucas vezes foi tão significativo. Felizmente, existe algo chamado “integridade” que supera grandemente as forças externas e dá valor à vontade. Notável.”
Cinema is my Life, 7/Out/2009
3.5/5Nothing But the Truth
Nothing But The Truth é mais um exemplar do leque de filmes que questionam a integridade das Inteligência Norte-Americana e tal como o recente e excepcional State of Play com Russell Crowe, aborda o papel da imprensa na justiça e outros meios. Realizado por Rod Lurie (Resurrecting the Champ, 2007), Nothing But the Truth equilibra-se com a moralidade e questões que “lança” ao espectador e que dificilmente obtêm resposta, o mais curioso é que o filme não quer dá-las, mas sim implanta-las conforme a interpretação da audiência. O argumento, que se “vende” como baseado em factos, escrito também pelo realizador, é complexo e peão de vários registos cinematográficos, dando assim uma dinâmica inteligente á narrativa, o qual passa rapidamente do thriller policial ao thriller jurídico e vice-versa.”
Cinematograficamente falando, 23/Set/2009
3.5/5Point-of-View Shot - Nothing but the Truth (2008)
Apesar das performances excepcionais e o objecto interessante, o filme nunca faz o “click” que poderia, muito provavelmente e sem desfazer Lurie, fazer noutras mãos. Mas Nothing But the Truth é um belo trabalho de estudo sobre a relação entre a política/poder e o jornalismo, mas também sobre as pessoas e os seus prinícipios e responsabilidades. Não diminui nunca o espectador e oferece drama e suspense da melhor e mais realista qualidade. Agora digam-me… como é que isto não chegou aos cinemas americanos?”
Close-up, 5/Ago/2009
4.0/5Crítica - Nothing But the Truth
A surpreendente e cativante história de "Nothing But The Truth" irá facilmente prender a atenção do espectador que aprecie uma produção cinematográfica baseada em factos reais e polémicos.”
Portal Cinema, 4/Ago/2009
4.0/5Nothing But The Truth (2008)
O final é tudo menos previsível e são levantadas questões morais que muitos espectadores terão certamente dificuldade em responder. Um filme a não perder.”
Golden Ticket, 28/Abr/2009