The International - A Organização (2009)

The International

poster

Sinopse

O enredo gira em torno da trajetória de um agente da Interpol (Clive Owen) na caça a um banqueiro suspeito por lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, armas e práticas de terrorismo. Naomi Watts é a promotora de justiça de Manhattan que o auxilia na demanda.
[por Nuno Barata]



Visitantes
Visitantes
2.9 (76 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.5
Crítica
Crítica
1.5 (4 votos)
galeria

Detalhes

Ano: 2009
Estreia nacional: 23 de Abril de 2009 (#5 na 1ª semana)
Estreia mundial: 12 de Fevereiro de 2009

País: EUA, Alemanha, Reino Unido
Género: Thriller, Drama
Duração: 118 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: Columbia TriStar Warner

Realização:
Tom Tykwer

Intérpretes:
Clive Owen, Naomi Watts, Armin Mueller-Stahl

Outros títulos:
Trama Internacional (Brasil)

Links:
www.everybodypays.com (site oficial)
www.theinternational.com.pt (site oficial)
www.apple.com/trailers/sony_pictures/theinternational (trailers)
www.imdb.com/title/tt0963178

A crítica

(...) o melhor que se pode dizer é que Tykwer não tem - manifestamente - unhas suficientes para a guitarra que lhe deram (...) um argumento oportunista que, uma vez volvidas as surpresas da... mais ››
Vasco Baptista Marques, Expresso

Blogs

ver todos
3.5/5The International (2009)
Tentando muitas vezes invocar a fabulosa técnica de filmagem vista em Bourne, Tom Tykwer traz-nos um filme com uma boa história mas que após grandes cenas iniciais acaba por cair na monotonia. A exploração do universo financeiro é um ponto positivo”
Golden Ticket, 18/Jun/2009
2.5/5The International
O melhor - Clive Owen e Armin Mueller-Stahl (...) O pior - um homem chamado Tom Tykwer sem garra para este tipo de material”
Cinematograficamente falando, 15/Mai/2009
3.0/5The International - A Organização, por Tiago Ramos
Tom Tykwer parece querer evocar a trilogia Bourne ao longo de todo o seu filme. Mas só o conseguiu a nível técnico, pelo que diz respeito, no mínimo, à qualidade da filmagem e da fotografia, mas passa por pouco mais do que isso. (...) é inteligente, complexo, mas perde-se demasiado. Infelizmente. Podíamos ter aqui uma excelente obra.”
Split Screen, 13/Mai/2009
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

1.5/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 11 de Agosto de 2011 às 17:26

Não é, de forma alguma, o meu tipo de filme. Quando passamos o tempo a olhar para o relógio, na esperança de que o filme acabe depressa, nunca é bom sinal...

3.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 9 de Maio de 2011 às 13:42

Thriller razoável.

1.0/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 24 de Abril de 2011 às 18:30

Seca. Nada mais a acrescentar.