Estado de Guerra (2008)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

5.0/5Bruno Ricardo Moreira da Costa Bruno Ricardo Moreira da Costa 14 de Novembro de 2011 às 12:45

"Estado de Guerra" é um filme de drama, guerra e acção que conta a história de um grupo de soldados que tem um plano de matar os terroristas, quando um perigoso líder de Al-Qaeda Osama Bin Laden que destruiu o 11 de Setembro de 2001.

Kathryn Bigelow criou uma guerra do Iraque em plena terra firme que mostra a vida de três soldados americanos que querem vingança. Este filme ganhou seis Óscares de Academia.

3.0/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 24 de Abril de 2011 às 18:39

Vê-se bem mas não é a jóia que muitos clamam.

5.0/5KxDystroy KxDystroy 4 de Fevereiro de 2011 às 02:10

Há filmes de guerra e há The Hurt Locker.
The Hurt Locker retrata um lado da guerra nunca antes mencionado. "A guerra é uma droga". (Segundo a minha Filmografia)
The Hurt locker é a mestria da simplicidade com um argumento de tirar o chapéu. Um filme onde um Homem tem medo de morrer e outro que desafia a morte. Um Homem a contar os dias que falta para ir para casa e outro a contar os dias que lhe restam na guerra.

Uma realização surpreendente para contar a história de um Homem que não passa de um comum na vida real, mas na guerra é um herói.
Que lado tu escolherias!?

Perto de perfeito para alguns, perfeito para mi.

3.0/5Vitinha Vitinha 27 de Janeiro de 2011 às 23:14

finalmente vi este filme e nao chega nem erto de avatar,ja sei que nem sequer sao filmes comparaveis,mas acho avatar extremamente superior a este filme de Kathryn Bigelow,saindo um poco da comparaçao e falando deste Hurt Locker,achei o argumento muito pouco interessante,parecia um jogo de computador,desactivar as bombinhas,e haviam sempre mais a aparecer,paraque o fillme durasse as duas horas,nao e mau de todo,mas nao e tambem no meu ponto de vista um filme que sequer mereça ser apontado ao oscar de mewlhor filme,quanto mais vence-lo como na realidade aconteceu,pelo que tenho visto se estreasse este ano nao teria qualquer hipotese de chaegar a estatueta dourada,mas enfim,ganhou,ta ganho,quanto ao filme,destaco Jeremy Renner,que teve uma actuaçao solida,gostei de ver,e nada mais,nao evo grandes apontamentos deste filme

Luís Luís 16 de Março de 2010 às 15:25

Não vou entrar nessa discussão do melhor filme, pois não concordo que fosse avatar, mas este também não...

Mas gostava de saber como é que é possível que este filme tenha ganho os óscares de melhor som e melhores efeitos sonoros? os dois ainda por cima...
Por favor neste aspecto avatar é muito superior...
Pesoalmente não ligo nenhuma aos óscares, principalmente ao de melhor filme, pois isso depende muito de pessoa para pessoa e da experiência de vida dessa pessoa e da sua sensibilidade ao filme/tema...

4.5/5R0NIK R0NIK 13 de Março de 2010 às 02:28

Vi-o antes da atribuição dos óscares, aliás, antes até da lista de nomeados ser conhecida e, desde logo, percebi que era um filme fantástico. Na minha opinião, é o melhor filme de entre os grandes vencedores de óscares dos últimos anos.

R3fus3d R3fus3d 12 de Março de 2010 às 19:16

n percebo o que pessoas têm contra o avatar, dêem um motivo valido que n seja simplesmente por n ser do james cameron ou devido maquina publicitária que ele teve do seu lado.
Pessoas têm entender que nem toda gente aprecia e tem de apoiar os coitadinhos dos filmes que ganham prémios no sundance e que são mais po indie ou filmes que sao underdogs e que pessoas gostam de ver ganhar porque não sao filmes da fábrica hollywood.
Avaliem os filmes com olhos de se ver,e não por aspectos alheios á qualidade real do filme. hurt locker que ja vi em janeiro de 2009 alias, n tem uma historia nem um desenrolar nada de extraordinario, o jar head já o fez bastante melhor. avatar nao o vi, qd o ver logo entro em contacto..

R3fus3d R3fus3d 10 de Março de 2010 às 16:26

pessoas tb tendem em ir contra avatar pk como alguem disse abaixo teve um marketing brutal em relação a qualquer filme, é um facto e devido isso claro, tem as criticas que isso acarreta, tal como este hurt locker de 2008 ser criticado na minha perspectiva pk ja é segundo ano que filme "underdog" ganha o prémio de melhor filme. E mais uma vez os soldados americanos são os maiores em termos de corajem e nacionalismo. ainda não vi os filmes nomeados todos, e acho que nomeaçoes se deviam ter mantido nos 5 candidatos, 10 é muito exagerado, especialmente pk filmes como an education, a serious man, up,district 9 e inglorious bastards, apesar de terem seu mérito, nao sao filmes de oscares.
é apenas minha modesta opinião.

1.0/5Paulo Machado Paulo Machado 10 de Março de 2010 às 11:53

Quando vi o filme, fiquei muito desapontado. Para um filme que arrecada 6 Óscares esperava algo diferente dos muitos filmes que já se fizeram ao longo destes últimos 8 anos acerca da ocupação das tropas americanas no Iraque e dos seus traumas. Filmes como “Máquina Zero” de Sam Mendes e “Censurado” de Brian de Palma foram, para mim, recebidos de forma mais positiva, mas aos olhos da Academia, ficaram na prateleira. Não quero assim tirar mérito ao trabalho de Kathryn Bigelow, mas acho que "Estado de Guerra” está mais para estado de graça.

4.5/5jorgecouto jorgecouto 10 de Março de 2010 às 01:11

Mas já aqui alguém pensou que o Avatar só é tão falado devido à enorme publicidade que teve? Um filme que teve um orçamento entre 300 e 500 Milhões de euros (O Saw 1 deve ter custado 50€, uma casa de banho, um serrote e foi muito melhor por ex.) teve de espalhar publicidade por tudo o que fosse visto e ouvido! O filme nem é mau, mas também não é nada de especial, e se for visto sem ser em 3D ainda perde mais valor. Sim, porque aqui o 3D apenas serve de objecto decorativo, para mim o que interessa é o argumento, o filme, as ideias, a mensagem, a tensão no mesmo e certos pormenores como uma passagem em câmara lenta ou um som que nos transmite algo. Eu vi o avatar sem ser em 3D e até gostei muito lá do mundo dos bonecos azuis cheio de fantasia...mas o resto...bah!! O Inglourious Basterds também não achei grande coisa, mas acho muito justo o oscar ao melhor actor secundário, pois quando acabei de ver o filme a unica coisa que disse que tinha gostado muito tinha sido da actuação deste, muito boa! A mim o que me parece é que se todos os filmes tivessem a mesma projecção antes de sairem, e não andassem a escolher filmes para a academia baseados nos desgraçados problemas dos americanos (Precious), talvez destes destes 10 estivessem só um ou dois. Inglourious Basterds por ex: só o facto de ser do Tarantino já tem logo 8 estrelas no IMDB (só para servir de exemplo) ainda antes de sair para o cinema! Se o realizador fosse ali o zé da esquina e não tivesse tido muita publicidade ninguém o gabava tanto. Sendo assim e tendo eu esta opinião sobre os filmes que poderiam tirar o Oscar a The Hurt Locker, penso que foi dos oscars mais bem entregues dos ultimos anos, se bem que nos ultimos 4 achei que foram sempre bem entregues. Que ninguém que seja fã dos filmes que referi em cima se ofenda, pois dei apenas a minha opinião pessoal, cada um tem os seus gostos e devem ser respeitados, tal como as opiniões. E já agora, acho os oscars uma autêntica palhaçada, que serve para andar a filmar mulheres e homens de fatos e vestidos que custam milhões durante 2 horas de uma maneira que até parece que estão a gozar com quem nem um copo de água tem para beber. Tudo isto para escolher o filme do ano que por sinal é sempre americano uma vez que os estrangeiros são à parte (sim, eu sei que também há festivais europeus...). Já quando vejo os grammys a unica vontade que tenho é de vomitar, mas ai já é mais devido á qualidade das musicas que lá aparecem. Haja dinheiro.

4.5/5ff ff 10 de Março de 2010 às 00:30

AH, e nao percebo porque as pessoas dizem que é tipo documentario. Devem estar a confundir com district 9. Esse é um falso documentario, este nao tem nada disso

4.5/5ff ff 10 de Março de 2010 às 00:29

o do ano passado foi realmente sobrevalorizado. O de este ano , hurt locker, na minha opiniao, é um justissimo vencedor. O ano passado devia ter ganho o gran torino, o melhor filme, embora n estando nomeado. Porem,este ano, se eu votasse , n teria duvidas. Aproxima-se dele o sacanas sem lei, mas a escolha foi optima. Vi todos os filmes nomeados, fiquei contentissimo, e voltei a depositar credibilidade nos oscares, pois tinha ficado um pouco desiludido com os anos anteriores, quer com as nomeaçoes, quer com os vencedores. Este ano o nivel subiu, o vencedor, mais uma vez , foi o correcto, e , acima de tudo, Avatar nao ganhou, o que foi optimo. Apesar de ter gostado do avatar, bom entertenimento, é agradavel, mas como filme jamais poderia ganhar o oscar, e o facto é que nao ganhou, o que prova que o mundo ainda tem dois dedos de testa, ao contrario de eldest III.

5.0/5Asker Asker 9 de Março de 2010 às 23:19

Grande filme este Hurt Locker, Eldest III pela tua afirmação quer dizer que viste muito poucos filmes no cinema, certo?

Fernão Fernão 9 de Março de 2010 às 21:41

Um filme bom, feito como uma espécie de documentário, não merecia a estatueta.
O Avatar sim, pois é dos melhores filmes que já veio a este mundo, digam o que disserem...

R3fus3d R3fus3d 9 de Março de 2010 às 21:10

acho completamente injusto o galardão de melhor filme de 2009... não é nem de perto o melhor filme de 2009, n digo que avatar merecia ter ganho mas dentro dos nomeados havia filmes bastante melhores.. totalmente overrated tal como o do vencedor do ano passado

4.5/5Cinematograficamente Falando Cinematograficamente Falando 9 de Março de 2010 às 13:44

neste momento e o facto de ter vencido o òscar, penso que valorizam demais o Avatar pelo seu visual e subvalorizam Hurt Locker por ter vencido a dita estatueta, já é um classico e isso ninguem o tira.

5.0/5O Padrinho O Padrinho 9 de Março de 2010 às 13:41

Grande filme, grande vencedor. Kathryn Bigelow Rules!!

5.0/5Avatar-maniaco Avatar-maniaco 9 de Março de 2010 às 13:40

o justo vencedor, ou ele ou o Inglourious basterds. o publico no geral é que gosta de dizer mal, Hurt Locker é um dos mais realistas filmes de guerra de sempre, soberbo. Fiquem lá com os macacos azuis!

3.0/5João Xará João Xará 9 de Março de 2010 às 13:02

Melhor filme? Discordo totalmente. Vi-o ontem e para mim foi uma total desilusão.

Respeito que gostou do filme, mas sejamos sinceros, Avatar e Um Sonho Possível são filmes que para mim criaram mais impacto do que este!

3*

becas becas 9 de Março de 2010 às 00:32

O certo e que bem ou mal o importante e que se fale;a discussao existe de facto e nao vale a pena escamutear a questao porque este ano nao existia nehum grande filme...

Liliana Liliana 8 de Março de 2010 às 23:45

Campanha "anti-hurt locker"? Qual campanha? :)

Quando fiz referencia aos "entendidos" de cinema... apenas queria dizer que são uma minoria. E também não disse que apenas pelo simples facto de Avatar ter facturado 2 biliões de dolares já deve ser considerado melhor filme... Mas acho que a opinião do público não deixa nunca de ser válida. E pela minha parte, não concordo com nenhuma destas "anti"... campanhas de subvalorização... são todas elas cínicas sim :)

4.5/5Hugo Gomes Hugo Gomes 8 de Março de 2010 às 23:26

o problema aqui é que o facto de um filme fazer 2 biliões de dolares já deve ser considerado melhor filme, n é o caso, n sou nenhum entendido de cinema, apenas apreciou o dito cinema, Avatar agradou-me mas sim a vista, Hurt Locker que vi em Setembro agradou-me em tudo, n é o melhor filme do ano na minha opinião, mas é uma obra belica superior, e eu como militar finalmenete encontrei um filme desse genero que ditasse a realidade e não aquela fantasia comercial que vemos em filmes como Behind the Enemy Lines ou We Are Soldiers. quanto a subvalorização do filme pelo facto de ter vencido o premio já previa, é tipico todos os anos. por isso essa campanha anti-hurt locker é deveras cinica, se me fazem entender.

becas becas 8 de Março de 2010 às 23:22

Liliana em parte o valverde tem razao mas tambem nao nos podemos esquecer que a maioria dos cinco mil e tal membros da academia tem uma idade extremamente avancada,muitos ja nao vao ao cinema,logo a mediatizacao tem muito peso mas por outro lado precisam de marcar a diferenca mesmo que por vezes cometam erros de palmatoria que qualquer "massa" constata,so para nomear os mais flagrantes(al pacino,peter o toole,marlon brando,paul newman,scorsese,etc) mas a verdade e que fiquei contente por avatar ter perdido... mas a fasquia estava muito baixa na minha opiniao e como sempre ha a "americanizacao" levada quase ao ridiculo..;Waltz ganhou e muito bem pela sua epica interpretacao,sendo este o oscar mais justo mas tambem ja esperado...

3.0/5Luís Fonseca Luís Fonseca 8 de Março de 2010 às 22:55

Pena nao estarmos todos num forum a discutir isto:P
O que me surpreende nao foi o Avatar nao ganhar, foi sim o Estado de Guerra ter se superiorizado daquela forma ao Sacanas sem Lei.
Nao considero o Estado de Guerra um classico, nem melhor do ano, nem um filme que va ficar na memoria de todos. Nao é banal, mas anda lá perto. Apenas nao está nas salas de cinema porque simplesmente ja esteve lol. estreia nacional dia 17 de Setembro

Liliana Liliana 8 de Março de 2010 às 22:27

Espera lá... "não poderá nunca ser eleito Melhor Filme do Ano, na Academia" ? Será que vi mal... e o Avatar afinal não estava na lista dos nomeados? :)

Se a Academia considerasse que "tal objecto" não tem valor cinematográfico... não o teria incluído na lista dos melhores do ano.

Vamos lá ter calma neste fundamentalismo "anti-avatar" ;)

Liliana Liliana 8 de Março de 2010 às 22:22

Avatar= "objecto que não poderá nunca ser eleito Melhor Filme do Ano, na Academia" sim, agora é fácil fazer esse tipo de afirmações. :) Depois de conhecidos os resultados. O "grande público não entende patavina do que é um filme que a Academia galardoe"... "Não interessa o que o público pensa, interessa o que têm valor cinematográfico". E é quem define esse "valor"? Os filmes são feitos para agradar a quem? Minorias? (incluindo os super (e pseudo) entendidos de cinema)? Cinema é arte sim, mas também é entretenimento... e a opinião do público (grupo onde me incluo) deve ser valorizada.

4.5/5Valverde Valverde 8 de Março de 2010 às 21:55

Esta onda anti-avatar se existe é por terem feito dele algo que o filme não é. Se havia quem repudiasse os Oscares e disse-se que só faziam porcaria nas escolhas, ficaram deveras muito satisfeito até á data de ontem, por ver que a Academia podia galardoar o filme do Cameron. O problema é que o Avatar conseguiu chamar a atenção de grande público que não entende patavina do que é um filme que a Academia galardoe. E agora que tiveram a oportunidade de ter lá um com hipoteses (que na realidade nunca existiram, os circuitos de prémios prè-oscares falam por si) criaram um hype que pareceu fazer deste filme o classico que não é. Daí que haja, anti-avatares, não no sentido de repudiar o filme, mas de tentar explicar que tal objecto não poderá nunca ser eleito Melhor Filme do Ano, na Academia. Como tal, é obvio - e não podemos ser hipocritas - que o Hurt Locker ao ganhar, tenha ditado uma vez mais uma coisa muito importante, que é a seguinte: ainda bem que a Academia de Oscares continuou a contrariar o público. Porque é essa a razão de ser o Oscar o mais importante prémio de cinema. Não interessa o que o público pensa, interessa o que têm valor cinematográfico. É essa a grande diferença entre Avatar e The Hurt Locker.

Liliana Liliana 8 de Março de 2010 às 21:14

O que eu não entendo é esta nova onda "anti-avatar" ... ou "anti-3D" etc. Mas o que acho realmente engraçado é ver aqui estas inúmeras referências ao Avatar... Até parece que esse seria o único filme capaz de fazer sombra a este... lol A propósito, o meu candidato favorito era (e continua a ser) o Inglourious Basterds.

3.0/5andreiaguedes andreiaguedes 8 de Março de 2010 às 20:30

Não entendo como é que este filme ganhou o Óscar para melhor filme. É um filme bom, só isso. Não é nada que já não se tenha visto. Mas, de facto, a academia é que decide.

4.5/5jorgecouto jorgecouto 8 de Março de 2010 às 20:20

E agora uma piada...The Hurt Locker está em dois cinemas apenas em Portugal inteiro, pelo menos no que respeita a cinemas lusomundo...estamos com grandes olheiros no que respeita a cinema...viva portugal!Vivam os ócuos 3D...

4.5/5Hugo Gomes Hugo Gomes 8 de Março de 2010 às 16:33

Agora que o Hurt Locker venceu o Óscar, vamos lá subvaloriza-lo. Pois é, isso já é um sindroma que vem desde há muito. Mas fico contente pelo facto deste ano ter vencido o melhor dos 10 filmes nomeados (Inglourious Basterds é um caso á parte) e não aquele que o publico quer, neste caso Avatar.

e fui um dos poucos que assisti nos cinemas o Hurt Locker e digo-vos tal como disse na altura, é um dos maiores filmes do ano, e fuu ve-lo sem preconceitos, a verdade é que a maior parte de nós (publico) temos preconceito de quase tudo o que se requer cinema, preferimos antes pagar 6 euros para ver um filme que já vimos antes (blockbusters excessivos com efeitos especiais em demasia) e claro a grande cadeia de cinemas do país dar o que o publico quer e não o que necessita de ver. queriam o que um filme com um orçamento de 300 milhões vencer um premio a uma fita que se fez com boa vontade e talento.

4.0/5jonas jonas 8 de Março de 2010 às 14:42

parabens..mais que merecido..o melhor filme nomeado aos oscares ganhou..:)

4.5/5Valverde Valverde 8 de Março de 2010 às 13:40

É com muita satisfação que dou os maiores parabéns ao Hurt Locker, pelo mais que justo prémio que a Academia de Oscares lhe concedeu. Um filme enornme, que é uma homenagem crítica á guerra e ao soldado. Têm tudo o que um bom filme precisa, realização, argumento, elenco e pormenores tecnicos. Desde Este País Não É Para Velhos, já apetecia vêr um filme realmente merecedor. Um enorme trabalho dos produtores que conseguiram manter um filme de 2008 até uma cerimónia de 2010. Parabéns á realizadora, a primeira mulher a conseguir um Oscar na sua categoria. E no final, este foi um ano que a Academia contrariou o público e ainda bem, porque aquele filme, o mais rentável da história do cinema, só por brincadeira é que podia levar tão considerável honra. Parabéns ao Hurt Locker e á Academia.

Pedro Azevedo Pedro Azevedo 8 de Março de 2010 às 12:09

Quanto aos prémios técnicos não comento.

Quanto a melhor filme, um autêntico "aborto". Por amor de Deus. Até vi o filme duas vezes para dissipar todos as minhas dúvidas se não estaria distraído da 1ªvez.:-) Pelos vistos não estava , não bocejei, mas só porque dormi bem nessa noite.:-)

4.5/5Agostini Agostini 8 de Março de 2010 às 10:39

Espanto-me com estes comentários tão construtivos e credíveis! Bocejo? Pena que o American Pie tambem não seja nomeado para Óscares não é?

1.0/5loladas loladas 8 de Março de 2010 às 08:36

E Yupy, 6 oscares para esta coisa, u go academia, é assim que se dá o verdadeiro valor ao cinema =(

Sofia Oliveira Sofia Oliveira 7 de Março de 2010 às 10:35

Um bocejo do principio ao fim. Um deja-vu do soldadinho que regressa a casa e depois sente o dever a chamá-lo para o perigo, que é assim como termina. Em quantos filmes já eu não vi isto.

Quanto ao resto, parecia uma reportagem das nossas tvs há uns tempos atrás.Um bocejo. Como é que isto está nomeado para oscares e em vários prémios? Só vejo no facto desta temática dizer muito aos americanos.

2.5/5Lord of the Rings Lord of the Rings 23 de Fevereiro de 2010 às 12:15

Nao vi nada de extraordinario neste filme.
Na luta pelos orcares o Avatar continua a ser o meu favorito.

4.5/5ff ff 22 de Fevereiro de 2010 às 00:34

foi a grande surpresa, para mim, dos oscares. Um filme excepcional a todos os niveis. Concordo com a maior parte dos comentarios: boa interpretaçao, boa realizaçao, nao se deixa cair em questoes politicas. É uma crítica à guerra e às pessoas que a fomentam, e o filme resulta precisamente porque a relaçao entre o espectador e as personagens sao muito fortes: merito , mais uma vez, para actores e realizadores.
Portanto, a mensagem pode parecer estranha, mas faz todo o sentido, pensando na frase inicial "a guerra é um vicio" e na cena final, que quem viu o filme sabe a mensagem que quer transmitir.

Em suma, uma grande surpresa, um grande filme, definitivamente, e se eu votasse nos oscares, estaria muito dividido no filme ( entre este e sacanas sem lei).

alex alex 20 de Fevereiro de 2010 às 16:57

Sem dúvida que o filme é interessante e o mérito na minha opinião vai todo para a forma original como a guerra do Iraque é abordada e também para a boa interpretação de Jeremy Renner.

Mas sinceramente não acho que mereça assim tantas nomeações.

Se ganhar mais do que dois oscares para mim seria uma vergonha pois o Apocalypse Now em 1980 só ganhou 2 e merecia ganhar muito mais, esse sim, para mim é o melhor filme de guerra de todos os tempos.

3*

4.5/5Tineon Tineon 18 de Fevereiro de 2010 às 16:00

Grande Filme... Jeremy Renner afirma-se aqui um grande actor e Kathryn Surpreendeu-nos a todos...
Adorei a sequencia inicial (o slow motion) e todo o filme ( xD)...
Retrata muito bem a guerra e as emoções..
Não dou 5 estrelas por não terem usado tripé xD (não gosto de câmera á mão)..

4,5*

Valter Antunes Valter Antunes 16 de Fevereiro de 2010 às 16:33

Ainda não vi o filme,mas vejo aqui muitos comentários para melhor filme do ano e óscares e tal...o filme é de 2008,estamos em 2010,lol

3.0/5Luís Fonseca Luís Fonseca 15 de Fevereiro de 2010 às 00:46

Não me convenceu. Anticristo e Sacanas sem Lei filmes do ano.

4.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 10 de Fevereiro de 2010 às 21:55

Excelente, possivelmente um dos melhores filmes de guerra (ou sobre essa tematica) dos últimos 10 anos. Merece o destaque que está a ter.

4/5

mngolo mngolo 4 de Fevereiro de 2010 às 00:47

Inteiramente merecido, é um grande filme, espero que a academia não ceda a mega campanha de marketing por detras de Avatar e nomeie The Hurt Locker como o melhor filme do ano.

4.0/5jonas jonas 29 de Dezembro de 2009 às 07:06

para mim eh dos melhores filmes que vi de 2009..uma bela visao da guerra do iraque..e a mensagem eh transmitida indirectamente, porem, acho que a critica fez-se ouvir. Excelente realizaçao..4*

farripas farripas 4 de Novembro de 2009 às 14:18

bem,...gostei do filme! apesar de entender o Rolling Murray(uma excelente descrição do filme) sobretudo naquilo que é a maneira de cada um encarar a guerra, não posso deixar de dizer que esperava um pouco mais. Em todo o caso um filme que se distancia de outros do mesmo género, pela positiva.

4.0/5Rolling-Murray Rolling-Murray 1 de Outubro de 2009 às 17:58

Junto a minha voz à daqueles que advogam ser este o melhor filme sobre o conflito no Iraque (qualquer um deles). No entanto, não deixa de ser curioso que o enquadramento geográfico do filme é quase irrelevante face ao tema sobre o qual se debruça: o vício da guerra (algo que a citação inicial deixa claro). O sargento Jones (excelente interpretação do desconhecido Jeremy Renner), tal como Mickey Rourke em "The Wrestler", sente-se frustrado e desorientado fora do seu habitat natural: o cenário de guerra. Se para todos os outros, a sua atitude face à guerra é a de um louco, de um irresponsável, a verdade é que James apenas sente uma verdadeira paixão por aquilo que faz.
Saúde-se também a excelente realização de Bigelow (toda a tensa cena do duelo entre snipers no deserto é simplesmente brilhante) e ainda a sua coragem: não me lembro de nenhum outro filme em que as duas maiores estrelas morram cinco minutos depois de aparecerem no ecrã!

4.5/5Valverde Valverde 30 de Setembro de 2009 às 16:42

E já que existe essa guerra no Iraque, já mereciamos um filme capaz de a focar com toda a excelentissima arte que faz do cinema um documentário da vida. Hurt Locker é um vencedor, é uma obra de arte poderosa e merece estar na corrida aos Oscares, com muita nomeação. Brilhante!

mngolo mngolo 10 de Setembro de 2009 às 23:41

Bom filme, muito diferente do típico filme de guerra, não é massudo e acompanha-se muito bem, por vezes roça um pouco ao documentário.A relação soldado/pelotão/família é aqui bem retratada. 3/5