Adam Renascido (2008)

Adam Resurrected

poster

Sinopse

Adam Stein é um carismático paciente internado num hospital psiquiátrico. Anos antes, durante o genocídio na Alemanha nazi, Adam sobreviveu aos campos de concentração. Agora, os médicos tentam reconduzir os seus doentes à normalidade. Mas Adam não é um paciente qualquer...



Visitantes
Visitantes
3.0 (27 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
1.5 (2 votos)

Detalhes

Ano: 2008
Estreia nacional: 12 de Março de 2009

País: Alemanha, EUA, Israel
Género: Drama, Guerra
Duração: 106 min.
Classificação: M/16Q
Distribuidora: Valentim de Carvalho Multimédia

Realização:
Paul Schrader

Intérpretes:
Jeff Goldblum, Willem Dafoe, Derek Jacobi

Links:
www.ein-leben-fuer-ein-leben.de (site oficial)
www.imdb.com/title/tt0479341

A crítica

O problema de ADAM RENASCIDO é uma desfocagem constante que nunca aprofunda nada, bem como uma abordagem patética e confrangedora de uma história que até parecia ter potencial”
Nuno Carvalho, Notícias Sábado
No final, a ideia que fica é a de que há para ali uma ideia algures mas que Schrader não faz a menor ideia onde ela possa estar.”
Vasco Baptista Marques, Expresso

Blogs

3.0/5Adam Resurrected
Em Adam Resurrected, que foi apresentado no Fantasporto deste ano, celebra um provável “renascimento” de Jeff Goldblum, o qual protagonizou filmes como Jurassic Park e The Fly, num forte e aclamado desempenho cheio de tiques insólitos e inconfundíveis numa personagem tão complexa como a trama que a rodeia (...) A beleza da realização de Schrader leva a este exercício a uma das películas mais peculiares do ano, não é para todos, mas verdade seja dita filmes de Schrader nunca o são.”
Cinematograficamente falando, 15/Ago/2009
3.5/5Fantasporto: Adam Renascido
todo o argumento é complexo, enigmático e o mesmo se reflecte no elenco. É um drama poderoso sobre um sobrevivente do Holocausto, anterior artista de circo, que mergulhou no seu mundo próprio num hospital psiquiátrico”
Split Screen, 6/Mar/2009
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5CODEX CODEX 1 de Abril de 2013 às 15:50

Sublime, a ideia da recuperação de um trauma deum homem que vivia e amava a vida.
Banda sonora e argumento muito bom, que poderia ter sido mais aprofundado e explorado.
Recomendo.

1.5/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 24 de Abril de 2011 às 18:47

Este filme é constrangedor. Cheguei a sentir-me enojada. Ao menos mexeu comigo... já não é mau.

4.5/5Circe Circe 31 de Dezembro de 2009 às 22:06

Muito bom.
Tive a honra de assistir a este filme com o realizador, Paul Schrader, na sala. Foi uma experiência muito interessante ouvi-lo a discursar antes da sessão e depois ver e reflectir sobre a narrativa.
Recomendo.
4,5*