Deixa-me Entrar (2008)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

4.0/5Agostini Agostini 18 de Setembro de 2011 às 02:10

Por um lado frio e violento, por outro encantador e romântico. Uma bela experiência, quando nos somos bombardeados com "crepúsculos" e afins. Obrigatório ver!

4.5/5Maria Inês Maria Inês 10 de Março de 2011 às 14:02

Adorei - uma visão de vampiro nada vista, e de uma inocência humana retratada de modo excelente. Recomendo!

4.0/5Hollywood Ending Hollywood Ending 19 de Janeiro de 2011 às 17:57

Nos dias de hoje com os vampiros nas luzes da ribalta torna-se cada vez mais difícil surgir um filme original sobre esta temática, no entanto, este filme consegue-o de uma forma soberba.

Jesus_Pix Jesus_Pix 14 de Novembro de 2010 às 12:17

Uma autêntica lufada de ar fresco nesta modinha de lixo vampírico, ou como alguém diz "vampire pussyfication".
Excelente fotografia, argumento bem pensado, (se por ventura existissem predadores assim,não vejo outra maneira para se comportarem. Duro, melancólico e frio, mas também belo e hipnotizante

5.0/5Pedro Monteiro Pedro Monteiro 13 de Novembro de 2010 às 20:02

Para mim, só existia dois filmes de vampiros, o Drácula de Bram Stoker, bem como a Entrevista com Vampiro, tudo o resto eram argumento que só permitia vender bilhetes o tal "cinema pipoca"... Contudo, a minha visão mudou, após este excelente filme, os actores são excelente, o argumento é lindo e original, a história é contada com calma, sem correrias, a fotografia é brutal, adorei a fotografia, para mim é um excelente filme.
Finalmente um filme que supera todos os filmes recentes de vampiros... É excelente, adorei mesmo o filme !!!

4.5/5Mariana Mariana 24 de Outubro de 2010 às 18:12

Muito bom, adorei! e que bons actores os miúdos! Tanto ele, como ela.

4.0/5Lifeisgood Lifeisgood 5 de Outubro de 2010 às 00:31

Filme muito interessante com uma excelente fotografia. Tem potencial para uma continuação embora seja previsível o desfecho. Em termos de classificação geral merece na minha opinião nota 4.

4.5/5vitor vitor 11 de Setembro de 2010 às 18:48

É bom, muito bom.

3.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 22 de Agosto de 2010 às 10:19

Excelente obra, com duas excelentes interpretações. Dizer que o filme é mau por ser parado é estúpido. É óbvio que é parado, vive dos silencios, do focar da camera nas personagens, dos momentos de união das duas principais personagens. Ah, e não é por ser sueco que é bom. Temos muitos bons filmes americanos (como também os temos muito maus), mas este dificilmente poderia ter sido feito pela maquina de Hollywood. Tem pormenores que só certas culturas conseguem transmitir (um pouco como O Laço Branço de Haneke que, sem os actores alemães, não era a mesma coisa).

3/5

Mary Mary 1 de Agosto de 2010 às 14:14

Não me impressionou mas gostei. É simples mas gostei principalmente da fotografia, não achei que fosse visualmente horrível, embora concorde que tenha sido parado. E btw, não comparem Twilight com este filme por favor. Digamos que Twilight não tem esta inocência, obviamente. Quanto ao diálogo, então o realizador preferiu focar-se no som e na imagem, e penso que se saiu bem. É bom, gostei, podia ser melhor. Agora pôr Twilight nisto só porque são os dois sobre vampiros e comparar a história do Edward e da Bella com esta? Ridículo.

Bilhardas Bilhardas 18 de Julho de 2010 às 20:20

comparar este filme com a saga Twilight... não estava mesmo nada á espera, visto que uma coisa é cinema com qualidade a todos os níveis outra é cinema pimba para teenagers com excesso de hormonas. por favor, nao ofendam este excelente filme comparando-o com twilight, é mais que uma ofensa para quem acha que cinema é uma arte.

3.5/5Luís Fonseca Luís Fonseca 27 de Junho de 2010 às 16:28

Excelente trabalho deste realizador Sueco. Virado para a fotografia, para a imagem, para os planos. Um regalo para quem quer admirar um cinema mais técnico

5.0/5Avatar-maniaco Avatar-maniaco 20 de Maio de 2010 às 01:21

Foi dos filmes de vampiros que mais gostei de ver, é lento sim, mas agora dizer me que não tem argumento, só falta dizer que a historia de hormonas aos saltos que é o Crepusculo e companhia é muito melhor que isto.

Lilia Lilia 19 de Maio de 2010 às 19:05

Não gostei!!! Muito lento, sem história... sem argumento!

5.0/5João Miguel João Miguel 5 de Abril de 2010 às 13:32

Este filme está simplesmente fantástico. Uma obra prima.

5*

becas becas 2 de Março de 2010 às 22:30

Nao e mau mas nao e de todo o que se dizia dele,talvez por ser comparado com o crepusculo vezes sem conta e como e obvio nao e dificil ser melhor que aquilo...3*

4.5/5Guilherme Guilherme 19 de Outubro de 2009 às 21:35

Dos melhores filmes, do genero, de sempre.
Dois pequenos grandes actores.
E uma fotografia de uma qualidade grandiosa.
Pena a sua pouca divulgação.

4.0/5Luis Carvalho Luis Carvalho 26 de Setembro de 2009 às 23:43

Trata-se sem dúvida de um filme muito superior ao "Crespúsculo". Um filme que pega numa história já muito vista, mas Tomas Alfredson monta uma verdadeira obra de cinema. Um filme que mais do que terror é acima de tudo melancólico, aliás uma pura beleza melancólica. A não perder...

4.0/5Vitinha Vitinha 30 de Agosto de 2009 às 19:00

filme bastanmte bom com duas interpretaçoes de grande valor de dois miudos desconhecidos aos olhos de qualquer umrealizaçao soberba,uma fotografia muito boa,o argumento era razoavel,abordando alguns problemas da actaualidade em todo o mundo,o grande menos deste filme foi o final que deixou um bocado a desejar...mas foi uma boza surpresa

4*

5.0/5!!noname?? !!noname?? 7 de Julho de 2009 às 03:40

ta bacano filme na eh de terror na eh dakeles ke tu dixes ahhh xD loool eh um romace talvex um drama na xei da pa paxar u tempo

5.0/5Maaaaaaat Daaamooooon Maaaaaaat Daaamooooon 25 de Junho de 2009 às 01:33

Fantástica realização!
Fantástica banda sonora!
Fantástica Fotografia!
Fantásticas Intrepertações!
Fantástico Argumento!
Fantástico Filme!

E sim, "Fantástico" é a unica palavra que conheço para descrever filmes que adoro - Estou a brincar obviamente -

Agora falando a sério!
Este filme está no meu top.

10* (0/10)
5* (0/5)

Foi simplesmente um filme belo e espantoso!

P.S. - não vale apena compararem com Twilight, este é muito melhor! Na minha opinião!

4.0/5Valverde Valverde 16 de Junho de 2009 às 19:55

Existem filmes, raros diga-se de passagem, que conseguem elevar o terror a um palco dramático. Há que saber arriscar, pois é dificil agradar com objectos disfarçados, no entanto, assim como existiu O Exorcista, O Bébé de Rosemary, por exemplo, em que o terror estava mais no ambiente do que na cena, então Deixa-me Entrar é uma obra que merece ser vista. Porque tem qualidade, é bem feita, bem interpetada e acima de tudo, é uma beleza rara.

2.5/5Pedro Silva Pedro Silva 9 de Junho de 2009 às 18:44

A realização e a fotografia estão muito boas, ao estilo dos filmes de terror japoneses, no entanto o argumento apesar de ter o seu qb de beleza não cativa, muito por culpa da forma como o filme se desenrola e da interpretação dos personagens principais. É na minha opinião um filme com bom aspecto mas sem sabor. Poderiam ter optado por uma curta-metragem.
2,5*

1.0/5Liliana Liliana 7 de Junho de 2009 às 23:04

Wolenczack, não me espanta que Guillermo del Toro tenha adorado este filme... Está de acordo com o restante "cenário"... É um filme que tem sido muito aclamado pela crítica. É curioso porque a opinião dos críticos de cinema, de uma forma geral, tem sido partilhada pelo público (pelo menos aqui no site... só eu e a Mónica é que temos uma opinião divergente (realmente isso dá que pensar :). Mas concordo contigo, é sempre bom ler as várias opiniões.

Ps. E por falar em "som", esqueci-me de referir... também detestei a banda sonora! :P

5.0/5wolenczack wolenczack 7 de Junho de 2009 às 15:45

Pelos vistos ainda existe muita rivalidade entre os vários tipos de cinema (seja europeu, americano, autor ou blockbuster)... É preciso analisar um filme pela sua qualidade é n pelo género ou estilo.
Let the Right One In é um grande filme e extremamente bem filmado.. pode n ser fácil de digerir pois é um drama contemplativo. Não s apoia em diálogos mas sim na imagem e no som.

O crepúsculo é um filme teen.. k falha por ser mal escrito, realizado e em algumas partes mal editado.. o k é pena pois a historia em si até é interessante. Existe sim um ponto comum ente este filme e o crepúsculo, ambos são adaptações literárias.

Liliana, o "estilo tarantino" é um mix d tds os estilos por isso n s aplica. E é curioso k tenhas falado no labirinto do fauno (fabuloso) pois o realizador Guillermo del Toro adorou este filme. Pk será? ;)
Mas é bom ler as várias opiniões... só assim podemos repensar o cinema e cultivar o gosto.

1.0/5Liliana Liliana 6 de Junho de 2009 às 13:55

Jorge, és muito contestatário... gosto disso :) mas "Novela mexicana?", "americanisses?" (risos) Se é esse o rotulo, então prefiro as novelas mexicanas mesmo!

Sinceramente acho piada a esta nova moda "anti-americana" e de que o cinema só porque é Europeu (dito "alternativo") é necessariamente melhor, enfim... manias! :) Um bom exemplo de cinema Europeu, dentro deste género de filme e esse sim ADULTO é "O Labirinto do Fauno". Esse sim transmite simultaneamente inocência e frieza.

Este, para mim, não passa de um filmezito manhoso que põe uma criança "a matar por necessidade" feito apenas para impressionar... sinceramente não vejo nada de "adulto" neste filme! Enfim... são gostos. :)

5.0/5jorgecouto jorgecouto 6 de Junho de 2009 às 03:24

A diferença é que o crepusculo é uma novela mexicana realizada por americanos, mas que em vez de simples pessoas, são vampiros...e este apesar de ser parado é um filme mais adulto (e para quem gosta do estilo, claro) e prefiro mesmo assim este tipo de filmes do que o crepusculo, pois já estou um pouco enjoado das americanisses! Mas claro, já ai vem o remake, e deve vir mesmo á americano, tudo mais florido e cheio de paneleirices!!E as personagens principais não são adolescentes, são crianças!Apesar de para mim não ter sido um filme amor/ódio, acho que para a maioria das pessoas o poderá ser...eu até gostei do filme, vi-o com mais pessoal mas se o tivesse visto sózinho tinha gostado muito mais, pois quando vi o estilo do filme comecei a preocupar-me mais com os outros, eheheh!Eu gosto deste tipo de cinema...

1.5/5Mónica Casanova Mónica Casanova 5 de Junho de 2009 às 00:30

Bem, sobre este filme eu concordo inteiramente com a Liliana.
De terror não tem absolutamente nada, e como a Liliana disse o filme é mais que parado, para mim abusa. Não me conseguiu despertar a mínima atenção, mas vi até ao fim por causa das boas críticas que tinha lido sobre o filme, mas para mim é um filme para esquecer.

3.5/5jonas jonas 4 de Junho de 2009 às 21:17

Para filme sueco de terror nao esta mal. Diferente dos filmes vampirescos que estamos normalmente habituados onde é sangue e mais sangue. Neste mexe mais com as emoções e o drama..a intensidade nas imagens e nos dialogos reflecte isso mesmo. Ao estilo de entrevista com um vampiro e dracula de bram stoker mas claro esta sem a categoria de ambos, mas mesmo assim merece nota positiva..3.5*

1.0/5Liliana Liliana 4 de Junho de 2009 às 17:23

Ps: Só porque é lento e macabro (e por isso é diferente) tem de ser necessariamente bom? Mas pior ainda é que usa e abusa do macabro, mas de terror não tem nada. E nos momentos em que seria suposto transmitir alguma emotividade também falha. Não emociona, não arrepia, nem sequer faz rir de tão mau que é... nada. Não há um único diálogo memorável e visualmente é cansativo.

Ps2: A cena do "ataque dos gatos" está no meu top de cenas foleiras. É um filme europeu rotulado como "diferente" e tem um final totalmente ao "estilo Tarantino"... enfim :)

1.0/5Liliana Liliana 4 de Junho de 2009 às 11:22

É o estilo dele? É, e sem duvida que é diferente. Talvez o meu problema seja mesmo não gostar deste género de filme.

"Nem sequer deve ser comparado a filmes como o Crepúsculo ??" Sem dúvida que são filmes bastante diferentes!! Mas uma coisa têm em comum (daí eu ter dito que este é uma cópia) serem ambos uma história de amor entre um vampiro (neste caso vampira) e um humano (e que eu saiba o Crepusculo (embora de forma diferente, e para mim, melhor) também aborda o mesmo tema...logo penso que a comparação é legítima)

3.5/5Lourenço Lourenço 4 de Junho de 2009 às 03:20

Concordo com quem diz que o filme é um pouco parado, mas é o estilo dele, este filme prima pela originalidade,da forma como é filmado,representado. Dentro do genero é do melhor que tenho visto.
Nem sequer deve ser comparado a filmes como o crespusculo.

3.5*

1.0/5Liliana Liliana 4 de Junho de 2009 às 01:24

Este é o meu novo filme "ódio de estimação". :) Não é parado, é paradíssimo. Diálogos péssimos, cenas e representações forçadas, e uma história que deixa muito a desejar (é um romancezito com muito sangue á mistura, bullying e pouco mais). Parece uma cópia rasca e macabra do Crepúsculo ( sim, esse é comercial, é americano, é muito ao estilo mtv, e embora já não seja uma fã adolescente... assumo: prefiro o Crepúsculo!!! :) Só não desisti de ver este porque tinha esperança que melhorasse, mas o que consegui foi ficar deprimida de tanto contar os segundos até o final. Mas que ritmo lentooooo! Os actores pareciam ter sido mordidos pela mosca tsé-tsé :), pareciam estar imersos num sonambulismo permanente. Horrível. Para não falar dos rídiculos requintes de sadismo. Talvez impressione as pessoas, a mim não impressionou, antes pelo contrário. 1*

5.0/5jorgecouto jorgecouto 28 de Maio de 2009 às 00:44

Este foi o filme que vi na noite de passagem de ano...é um pouco parado, mas é muito bom, pelo menos eu gostei!

Fabio Fabio 3 de Maio de 2009 às 23:45

Não há muito para dizer. Simplesmente Brutal. Fotografia e filmagem muito bem conseguidas. Cenários sombrios e espantosos e uma história que nos prende ao ecrã. Para mim do melhor que se fez até agora em 2009. Fantástico e superior a Twilight dentro do género. Nota 5

2.5/5Dri Dri 2 de Maio de 2009 às 22:10

É um bom filme sem dúvida. Parece secante e custa a desenvolver, mas vale a pena.

4.5/5karkov karkov 24 de Março de 2009 às 09:33

simplesmente divinal e apaixonante

4.0/5kkl kkl 23 de Março de 2009 às 09:41

Muito mais que um simples filme sobre vampiros!
Uma historia bonita, diferente e original!