Salazar - A Vida Privada (2009)

poster

Sinopse

A vida secreta de Salazar, oposto absoluto do pudor, isolamento e austeridade da vida pública. Afinal Salazar tinha uma vida secreta. Uma vida de paixões. Já era conhecido o episódio de "flirt" platónico com a francesa Christine Garnier que, no Verão de 1951, veio a Portugal fazer-lhe uma entrevista que deveria durar umas horas e acabou numa longa estada no retiro do Vimeiro. Mas eram e continuam desconhecidas para o grande público as paixões que Salazar nutriu por outras mulheres.Esta filme resulta do choque entre a narrativa propagandística,

que a francesa Christine Garnier popularizou em livro, e as diferentes tramas amorosas protagonizadas pelas outras mulheres cujos corações foram atingidos pela flecha do Cupido

de Santa Comba Dão.



Visitantes
Visitantes
2.2 (27 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
0.8 (4 votos)

Detalhes

Ano: 2009
Estreia nacional: 30 de Abril de 2009 (#19 na 1ª semana)

País: Portugal
Género: Drama, Romance
Classificação: M/12
Distribuidora: Valentim de Carvalho Filmes

Realização:
Jorge Queiroga

Intérpretes:
Diogo Morgado, Ana Padrão, Catarina Wallenstein, Soraia Chaves

Outros títulos:
A Vida Privada de Salazar

Links:

A crítica

(...) inútil tentativa de adaptação ao cinema de uma sofrível mini-série de televisão (...) que pouco ou nada acrescenta ao que já havíamos visto”
Vasco Baptista Marques, Expresso
O resultado é penoso, não porque seja apologético ou branqueador, apenas porque se esgota nos automatismos técnicos e narrativos em que se instalou a maior parte do novo telecinema português que aqui... mais ››
João Lopes, Diário de Notícias

Blogs

2.0/5Salazar - A Vida Privada
Todavia, nem mesmo o cinema apelou aos portugueses, sendo assim, Salazar estaria condenado a ser um “bobo” num circo novelesco sem audiência.”
Cinematograficamente falando, 16/Set/2009
2.0/5Crítica - A Vida Privada de Salazar
Esta atitude visivelmente comercial, desrespeita directamente um dos maiores valores do cinema nacional e o próprio público português que se vê privado duma obra original em detrimento duma produção fraca e previamente exibida.”
Portal Cinema, 1/Mai/2009
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

1.0/5Francisco Francisco 20 de Novembro de 2010 às 23:14

Para além da má qualidade do filme, a investigação histórica deve-se basear em dados desconhecidos das restantes pessoas e historiadores... já li biografias sobre Salazar que referenciavam a sua "vida amorosa" e muitos dos casos mencionados aqui são pura ficção, mas dados como verdadeiros.

Fernão Fernão 15 de Agosto de 2009 às 14:06

Um insulto, um desrespeito para com Salazar, que apesar de tudo,foi um ser humano e uma das personalidades mais importantes da história de Portugal, Salazar merecia melhor, muito melhor. Uma interpretação terrível da parte de Diogo Morgado, não percebo como, sendo bom actor como é, espero que ele começe a trabalhar melhor agora que vai entrar num filme com 2 dos grandes no cinema.
1.0

4.0/5ordep2173 ordep2173 8 de Junho de 2009 às 21:31

Só mesmo cá em portugal primeiro na tv e depois para o cinema quando toda a gente já viu na tv sem pagar (bem pensado)