Duplo Amor (2008)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

3.5/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 8 de Maio de 2011 às 13:16

Ora aqui está um filme sombrio e cinzento sobre a temática do amor. Gostei do seu realismo, apesar de não considerar que tenha saído da sua zona de conforto. Não deixa de ser um estudo interessante sobre a vida e as relações humanas e amorosas.

1.5/5Ana Isabel Ana Isabel 18 de Outubro de 2009 às 16:00

Odiei.. falta de imaginaçao e originalidade..
Pena ser o ultimo filme de Joaquin.

3.5/5Duarte Correia Duarte Correia 3 de Setembro de 2009 às 13:05

Um amigo meu quando acabou de ver o filme disse, "As mulheres são fo***as!". Eu não acho que seja essa a mensagem do filme, mas sim a complexidade do amor e dos sentimentos do ser humano, a acomodação para não ficarmos sozinhos...
Considero este filme um pouco na linha do Married Life, que também gostei bastante. Vale a pena ver!

4.0/5Liliana Liliana 18 de Agosto de 2009 às 19:09

Um filme que certamente não irá agradar a muita gente (não o considero "agradável"... antes pelo contrário). Quero com isto dizer que é um mau filme? Não. Nada disso.

Foge completamente ao tipo de romance "cor-de-rosa", com o típico final "happily ever after"... é um filme CINZENTO... depressivo talvez. Mas muito real (quem já não sentiu ou viveu situações idênticas, ou pelo menos, quem não conhece alguém que já tenha vivido?) A pressão da família, os amores não correspondidos, as paixões obsessivas pelas pessoas "erradas"... :)

A actuação de Joaquin Phoenix está de facto excelente (sentimos a sua desorientação, sem dúvida, não só no ínicio, mas ao longo de todo o filme), e Gwyneth Paltrow também teve um óptimo desempenho. É uma "estranha forma de vida" esta! 4*

3.5/5Dri Dri 16 de Agosto de 2009 às 19:45

Gostei deste filme.
no início pareceu-me parado, leve, mas é essa a intenção. O que mais gostei foi o facto de, desta x, o melodrama ser transmitido por um homem. Posso estar enganada, mas na maioria dos filmes que abordam este tipo de drama, a história é sempre vista pela perspectiva da mulher.
Acredito que a mensagem deste filme seja que "há males que vem por bem".
Gostei da actuação do Joaquin Phoenix, dá perfeitamente para ver o quanto desequilibrado está no início, parecendo mesmo uma criança, o que apesar de tudo me fez gostar ainda mais desta personagem. Sentimos a sua dor.
Gostei também do final.

4.0/5Luís Dias Luís Dias 6 de Maio de 2009 às 02:15

Vale sobretudo pela história realista que conta e pelo desenrolar da acção. Gostei particularmente da actuação do Joaquin Phoenix, para mim, um dos melhores actores de hollywood! Espero verdadeiramente que reconsidere a sua finalização de carreira como actor e volte rapidamente ao activo.
4*