Pandorum - Universo Paralelo (2009)

Pandorum

poster

Sinopse

Por volta do ano 2200, a Terra está quase completamente devastada e os poucos sobreviventes tentam fugir do planeta. Neste cenário apocalíptico, dois tripulantes de uma nave espacial acordam sem saber quem são ou qual é sua missão. Mas, logo, descobrem que não estão sozinhos e a realidade é muito mais terrível do que possam imaginar.
[por AlfMad]



Visitantes
Visitantes
3.0 (49 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.0
Crítica
Crítica
1.0 (1 voto)

Detalhes

Ano: 2009
Estreia nacional: 14 de Outubro de 2010 (#11 na 1ª semana)

País: EUA, Alemanha
Género: Terror, Ficção Científica
Duração: 108 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Christian Alvart

Intérpretes:
Dennis Quaid, Ben Foster, Cam Gigandet

Links:
www.pandorummovie.com (site oficial)
www.apple.com/trailers/independent/pandorum (trailers)
www.imdb.com/title/tt1188729

A crítica

(...) haverá vontade de perguntar se a direção de atores só conhece uma palavra ("mexam-se"), se a mise en scène só conhece um conceito (o da claustrofobia) e se o argumento existe de facto.”
Vasco Baptista Marques, Expresso

Blogs

2.5/5Pandorum
(...) Pandorum é … cansativo, confuso e desequilibrado exemplo, pena que o tempo dos Aliens parece ter terminado á muito, por enquanto só (más) alternativas.”
Cinematograficamente falando, 31/Out/2010
2.5/5Pandorum - Universo Paralelo
Há material suficiente para interessar o espectador e os fãs generalizados de ficção científica, mas o filme tem a insalubre intenção de enveredar para terrenos que explorem à descarada os cenários e os ambientes.”
Split Screen, 28/Out/2010
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 12 de Fevereiro de 2014 às 01:53

Se o próprio filme não parecesse sofrer de Pandorum em alguns momentos, poderia ser melhor.

3.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 10 de Setembro de 2011 às 13:13

Não sou propriamente apreciadora de ficção científica, mas devo confessar que fiquei surpreendida com este filme. A premissa é curiosa, o argumento é interessante, embora um tanto ou quanto empolado, e a acção, apesar de ser bastante preguiçosa pelo facto de se colar incessantemente à "boleia" dos efeitos especiais, mantém o espectador na expectativa. Vê-se muito bem. :)

jorgecouto jorgecouto 15 de Outubro de 2010 às 10:17

As cenas de terror dos filmes americanos estão a ficar ridiculas!!! O pulo que a gente ás vezes manda na cadeira não é pelo susto da imagem, é pelos sons "assustadores" que são ouvidos com o som no "máximo"!!! Se eu for trás de alguém no meu carro e buzinar de repente, essa pessoa também se assusta... assim está o terror americano!!