Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura (2010)

Hoodwinked Too! Hood VS. Evil

poster

Sinopse

A sequela encontra a nossa heroína Red a treinar com um misterioso grupo, sob disfarce, intitulado Sisters of the Hood. Mas Red é forçada a interromper a sua instrução quando recebe uma chamada urgente de Nicky Flippers, que está de volta como chefe da Agência super-secreta Happily Ever After Agency, também conhecida como os HEA.

Uma bruxa má raptou duas crianças inocentes, Hansel e Gretel, e Nicky precisa de Red para a missão de as encontrar e resgatar.



Visitantes
Visitantes
1.7 (10 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
1.0 (1 voto)

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 01 de Setembro de 2011 (#5 na 1ª semana)

País: EUA
Género: Animação, Comédia
Duração: 86 min.
Classificação: M/6
Distribuidora: PRIS Audiovisuais

Realização:
Mike Disa

Intérpretes:
Hayden Panettiere, Bill Hader, Joan Cusack, Amy Poehler, Patrick Warburton, Glenn Close

Outros títulos:
Hoodwinked 2

Links:
trailers.apple.com/trailers/weinstein/hoodwinkedtoohoodvs... (trailers)
www.imdb.com/title/tt0844993

Filmes relacionados

(2005)

A crítica

O Capuchinho Vermelho em combates de artes marciais ou o Lobo Mau em desastrado agente disfarçado têm graça? Têm pouca...”
Jorge Leitão Ramos, Expresso

Blogs

2.0/5Hoodwinked Too! Hood vs Evil
(...) esta sequela é uma trapalhada pouco imaginativa e sem grandes rasgos de comédia. A ironia e a satirização são demasiado forçadas e o enredo cede ao infantilismo. E quanto às personagens, bem, nada de realmente carismático aqui. Uma animação que nem as referências salvam.”
Cinematograficamente falando, 12/Nov/2012
2.0/5Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura (bué de fitas)
o filme não pára, tem acção non-stop, algumas piadas e personagens variadas, mas rapidamente cansa e um adulto achará o desenrolar do filme fraco, o que não aconteceu com o primeiro. já uma criança poderá achá-lo continuamente divertido (...) não é tão bom e é óbvio que tenta esticar até ao máximo.”
Bué de fitas, 8/Set/2011
1.0/5Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura, por Tiago Ramos
As expectativas não correspondem ao produto final, medíocre e sem graça, ao que a já habitual falta de semelhança com o poderio das animações dos grandes estúdios, nos parece ainda pior perante tamanho disparate e desconexão.”
Split Screen, 8/Set/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

1.0/5Tiago Ramos Tiago Ramos 13 de Outubro de 2009 às 11:21

Gostei bastante do primeiro, devido à frescura com que abordava a clássica história do Capuchinho Vermelho.