(2009)

poster

a crítica

Apesar de apresentar uma boa história sobre o conflito de gerações, com uma interpretação de encher o olho por parte da jovem Carey Mulligan, a profundidade dos tópicos apresentados esbarra na caracterização dos personagens que se transforma várias vezes ao longo do filme, como as de Alfred Molina, Olivia Williams e Dominic Cooper, sem que haja motivações coerentes e visíveis. «Uma Outra Educação» revela-se assim um filme demasiado doce e sem consequências dramáticas assinaláveis para que possa provocar alguma mossa na consciência do espectador. Em suma, é um drama agradável, com bons momentos de representação, mas subjugado a uma simplicidade domingueira que anula a sua pertinência enquanto objecto de reflexão social.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
Carey Mulligan é, de facto, o grande trunfo de UMA OUTRA EDUCAÇÃO”
João Lopes, Notícias Sábado