Salt (2010)

poster

Sinopse

Angelina Jolie é Evelyn Salt, uma agente da CIA respeitada por todos, até ao dia em que um desertor a acusa de ser uma espia Russa. Quando a sua lealdade é posta em causa, Salt foge e utiliza as suas aptidões e anos de experiência como agente secreta, de modo a não ser capturada.

À medida que Salt faz de tudo para provar a sua inocência, mais dúvidas se levantam, continuando assim a busca pela sua verdadeira identidade.

Só há uma pergunta a fazer: "Quem é Salt?".



Visitantes
Visitantes
3.2 (131 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.0
Crítica
Crítica
2.8 (4 votos)
galeria

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 19 de Agosto de 2010 (#1 na 1ª semana)

País: EUA
Género: Acção, Thriller
Classificação: M/12
Distribuidora: Columbia TriStar Warner

Realização:
Phillip Noyce

Intérpretes:
Angelina Jolie, Liev Schreiber, Chiwetel Ejiofor

Links:
www.sonypictures.com/movies/salt (site oficial)
www.imdb.com/title/tt0944835

A crítica

Há algo de profundamente constrangedor em relação a este "medo" fabricado, não só pelo cinema, claro, mas por todo o dispositivo mediático que assola... mais ››
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
(...) uma coleção de inexplicados twists que se limitam a intermediar sequências de ação em piloto automático”
Vasco Baptista Marques, Expresso

Blogs

ver todos
2.0/5Salt (2010) - Crítica por Gonçalo Lamas
A acção tem um fulgor quase ininterrupto, as personagens nunca são de confiança, e os twists sucedem-se a um ritmo acelerado. Mas em Salt, temos problemas de base, um argumento carente de coesão e clarividência, e entre os seus quase radicais twists o filme desnorteia-se, ainda que não deixe surpreender.”
CineGlam7, 1/Set/2010
3.0/5Portal Cinema - Salt
Salt” não é um mau filme e até deverá agradar à maioria dos espectadores mas poderia ter sido um thriller muito melhor caso não tivesse tantas cenas de acção e tivesse apostado um pouco mais no desenvolvimento do seu enredo.”
Portal Cinema, 28/Ago/2010
3.0/5"Salt" por Nuno Reis
Podia ser um filme banal em todos os aspectos. O argumento é terrivelmente previsível e as cenas de acção são tão inacreditáveis como nos antecessores. Contudo a ousadia de o fazer (ou refazer) para uma mulher dá-lhe uns pontos extra e Jolie dá-lhe um pouco de classe.”
Antestreia, 26/Ago/2010
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 3 de Fevereiro de 2012 às 02:25

Consegue reservar umas boas surpresas no enredo e tem sempre um ritmo agradável. Surpreendeu-me.

3.0/5Rick1487 Rick1487 29 de Maio de 2011 às 11:46

Bom. um 007 em modo woman.

4.0/5Paulo Correia Paulo Correia 11 de Abril de 2011 às 10:13

Bom!!!