O Escritor Fantasma (2010)

poster

Sugerir blog


Se achar que merecemos, p.f. coloque um link para esta p‡gina. Agradecemos o seu contributo!

Para submeter um link faça login ou registe-se

blogs

4.5/5The Ghost Writer. A arte da tensão
O que realmente impressiona neste filme - e aquilo que faz dele um dos thrillers da década - é o domínio demonstrado por Polanski, essa velha mas hábil raposa, nos mecânismos da tensão e do mistério, através de uma utilização mais do que hábil da linguagem cinematográfica.”
Cineblog, 20/Ago/2010
3.5/5"The Ghost Writer" por Nuno Reis
A realização é um dos pontos fortes, por isso é que mesmo considerando o argumento mediano é um bom filme e que se vê bem por duas horas. Só não convence e nunca parece tão credível como era exigido.”
Antestreia, 17/Ago/2010
5.0/5The Ghost Writer
Roman Polanski o editou e montou enquanto estava sob prisão na Suiça, no lançamento dela, o criador ausente estava em prisão domiciliária. Trata-se do realizador-fantasma, não directamente presente no filme, mas intrinsecamente registado em toda a sua fusão.”
Cinematograficamente falando, 25/Jul/2010
4.0/5O Escritor Fantasma, de Carlos Antunes
Polanski introduz-nos por completo no ambiente da história que quer contar. Seduz-nos com a construção de um quadro que se estende para o exterior, que cria uma ligação do espaço da tela ao espaço que o espectador tem à sua volta.”
Split Screen, 19/Jul/2010
4.0/5O ESCRITOR FANTASMA (2010), de Roman Polanski
(...)um thriller como já não se produz nos dias que correm, onde o suspense advém não do choque nem de intensas sequências de acção, mas apenas daquele "ingrediente" básico chamado expectativa.”
Keyzer Soze's Place, 19/Jul/2010
4.5/5Crítica: «O Escritor Fantasma» – O ‘Shutter Island’ de Polanski
O O Escritor Fantasma é dos melhores filmes que 2010 já viu e verá, onde a realização descontraída de uma história sem pressas de ser contada, resulta num magnífico exercício de sétima arte a ser levado como exemplo em projectos futuros no que diz respeito a thrillers de qualquer natureza.”
Ante-cinema, 15/Jul/2010