Uma Noite Atribulada (2010)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

3.0/5Franck Costa Franck Costa 2 de Maio de 2011 às 19:09

Comédia com pouca graça... Steve Carrel já tem mais piada no entanto Tina Fey foi para mim uma agradável surpresa já que nunca a tinha visto como actriz principal. A personagem de Mark Wahlberg é muito forçada mas James Franco e Mila Kunis estão muito bem nos seus pequenos papeis. 3.0/5

2.5/5jorgecouto jorgecouto 7 de Setembro de 2010 às 05:31

Filme muito abaixo do que nos tem sido oferecido por outros onde Steve Carrel tem entrado como actor principal...

4.0/5Carolina Carolina 19 de Agosto de 2010 às 22:13

Recomendo esta comédia hilariante!

3.5/5Adrix Adrix 14 de Agosto de 2010 às 16:30

Steve e Tina fazem uma dupla bastante cativante e possuem uma boa quimica tornando as situações mais cómicas um pouco graças a eles.

Comédia simples e sem grandes objectivos, alcança bem o principal que é divertir.

3.5/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 4 de Agosto de 2010 às 12:19

É uma boa comédia!!!

3,5*

3.0/5DiHenry DiHenry 20 de Junho de 2010 às 12:57

Eis uma boa comédia, típica de steve carrel, argumento algo inovador e momentos de comédia são o forte deste filme, 1:20mints de filme que passam a voar devido ao filme ser cómico e bem disposto. Recomendo.

3 estrelas

3.5/5Mariaana Mariaana 10 de Junho de 2010 às 13:29

A verdade é q o filme é bastante bom (mesmo), no entanto o facto de ter criado expectativas gradiosas fez com que não gostasse assim tanto. Mas apesar disto vale mt a pena.
Dou 3.5*

5.0/5MIGUEL MIGUEL 20 de Abril de 2010 às 19:14

UMA NOITE ATRIBULADA é, sem dúvida, um filme simpático, agradável, divertido e com cenas mesmo hilariantes. Steve Carell é um dos actores mais engraçados deste momento e comprova isto neste filme e Tina Fey é a maior comediante, pelo menos, que me lembre, deste momento.
O argumento é creativo, além de não ser nada de outro mundo e às vezes acaba por sair um pouco ridículo. Além disso, cai num erro total como "O DIA DOS NAMORADOS", que é não aproveitar alguns actores que de certeza tinham mais para mostrar, como por exemplo, Mark Wahlberg, Mark Ruffalo e James Franco.
Também podiam ter alargado a duração do filme, 88 minutos não dá para mostrar grande coisa, mas se o realizador acha que 88 minutos era o suficiente...pronto, ele é que sabe...
Mas, resumindo, além destas críticas negativas, aconselho a irem ver o filme, todas as pessoas vão soltar, pelo menos, algumas gargalhadas e vão divertir-se.