(2010)

poster

a crítica

Um verdadeiro dream-team este elenco que Sylvester Stallone juntou para «Os Mercenários», que só não é perfeito, porque Van Damme, Steven Seagal e Chuck Norris, recusaram participar. O objectivo de Stallone parece-me simples: recuperar o velho cinema de acção, com muita pancadaria, tiroteio e chavões de trazer por casa. Ora, neste âmbito, «Os Mercenários» acaba por ser bem sucedido, quer seja por proporcionar puro entretenimento sem qualquer tipo de ambição particular que não seja o de ser cool, quer pela própria fórmula que Stallone utiliza recuperando todos os ingredientes desta geração de filmes, cujo auge foi a década de 80. Nota-se ainda a tentativa de trazer alguma moral à história, valorizando o elemento feminino num mundo agressivo criado pelos homens, um pouco como Quentin Tarantino faz nos seus filmes. Para a posteridade irá ficar certamente o diálogo entre Stallone, Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
(...) uma boa hora e meia de diversão inconsequente e nada mais do que isso”
Vasco Baptista Marques, Expresso