Comer Orar Amar (2010)

Eat Pray Love

poster

Sinopse

Liz Gilbert (Julia Roberts) é uma mulher moderna que, após o divórcio, decide fazer uma viagem pelo Mundo, de modo a redescobrir-se a si própria. Retira-se do trabalho pelo período de um ano e entra numa zona de risco, de forma a mudar a sua vida.

Nos lugares exóticos que visita, ela vive o simples prazer de comer em Itália, sente o poder de rezar na Índia e, inesperadamente, descobre o amor em Bali.



Visitantes
Visitantes
2.9 (58 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
1.6 (5 votos)

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 30 de Setembro de 2010 (#1 na 1ª semana)

País: EUA
Género: Drama
Classificação: M/12
Distribuidora: Columbia TriStar Warner

Realização:
Ryan Murphy

Intérpretes:
Julia Roberts, Javier Bardem, James Franco, Billy Crudup, Richard Jenkins, Viola Davis

Outros títulos:
Comer, Rezar e Amar (Brasil)

Links:
www.letyourselfgo.com (site oficial)
www.imdb.com/title/tt0879870

A crítica

(...) isto é mesmo uma fiada de rodriguinhos embrulhada em papel visoso e com laços de verdades profundas a rematar”
Jorge Leitão Ramos, Expresso

Blogs

1.5/5Comer Orar Amar (bué de fitas)
é um filme que tenta passar uma imagem de naturalidade e pureza quando é o oposto: artificial e forçado. (...) não é profundo nem filosófico e a mensagem soa a birra. talvez como produção independente resultasse num filme interessante, mas como uma mega produção hollywoodesca é uma chachada.”
buedefitas.blogspot.pt, 12/Mai/2012
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

1.0/5João Filipe João Filipe 5 de Maio de 2012 às 02:03

Uma desilusão completa. História demasiado previsível e enfadonha. Não recomendável.

1.5/5Hollywood Ending Hollywood Ending 28 de Janeiro de 2011 às 02:42

Tive a infeliz ideia de ir ver este filme. Gostei particularmente a peculiar interpretação de Javier Bardem que, se bem me lembro, interpretava um brasileiro. Lembro-me de uma cena em que ele estava a falar ao telemóvel o suposto português que a mim soou a espanhol. Enfim...

2.0/5Marisa Marisa 15 de Janeiro de 2011 às 22:04

Uma desilusão...