A Cidade (2010)

poster

a crítica

«A Cidade» demonstra que Ben Affleck fez muito bem em seguir a carreira de realizador. Já o tínhamos visto com bons resultados em «Gone Baby Gone», mas em «A Cidade» Affleck transcende a ideia de que seria mais uma actor-realizador com dinheiro e tempo a mais.
Claramente apoiado em «Heat - Cidade Sob Pressão» com Al Pacino e Robert de Niro, Affleck desenvolve um filme sobre assaltos em que o vilão consegue tornar-se no bom da fita, contrariando muito daquilo a que o cinema nos habituou. As personagens são fantásticas. Bem desenvolvidas no papel e melhor transpostas para o écrã. A cidade de Charlestown é retractada de tal forma que ficamos com medo de lá ir, aliás o próprio Affleck no final do filme faz questão de salientar que dedica o filme às corajosas e boas pessoas que nela habitam. Neste sentido, o título do filme é conveniente, pela dimensão que atribui a todo o cenário, como que garante a Affleck a certeza que o espectador vai culpabilizar a "cidade" e não as pessoas que se tornaram criminosas. As cenas de acção são óptimas e são as peças chave do filme, colocadas nos momentos ideais para evitar momentos mortos demasiado longos, e mantêm uma saudável tensão desde do primeiro ao último minuto. Em suma, «A Cidade» é um senhor filme de acção, daqueles que ninguém vai querer perder.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate