Deixa-me Entrar (2010)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

1.5/5Rui Nunes Rui Nunes 25 de Março de 2011 às 13:23

Adorei o original, para quê fazer um remake que basicamente é uma cópia do primeiro só que falado em inglês?? Era mais simples dobrar o original!

2.0/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 24 de Março de 2011 às 21:47

Nao gostei é bué aborrecido,e por ser aborrecido é bué longo, e tambem que não havia necessidade de fazerem este remake...

Nao Recomendo!!!

2*

2.0/5Valverde Valverde 25 de Janeiro de 2011 às 20:34

Embora, a única necessidade deste remake se dê a uma certa preguiça na forma como os cidadãos americanos tendem em não cultivar as fronteiras linguísticas, esta versão de Matt Reves respira uma autentica admiração pelo original, pois o filme Sueco é brilhante e o realizador americano sabe fazer-lhe a homenagem devida.

Hollywood Ending Hollywood Ending 19 de Janeiro de 2011 às 18:05

Vi o trailer deste filme e, parecendo-me uma cópia do sueco «let the right one in», penso que não irei vê-lo.

ângelo fernandes ângelo fernandes 25 de Outubro de 2010 às 17:38

Há um claro problema na fronteira cinematográfica dos EUA. Não conseguem que filmes estrangeiros, correcção, não-americanos sejam um sucesso porque simplesmente não são americanos. Sempre que há filme merecedor, pegam nele, passam-no pela “máquina” e transformam-no um produto american friendly.

Este é mais um desses casos, não havia necessidade alguma de Matt Reeves refazer um excelente filme.

Estreou-se bem com Clovefield, siga por aí.