(2010)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 24 de Março de 2013 às 03:32

Muito bom!

4.0/5Maria Inês Maria Inês 30 de Agosto de 2012 às 05:11

Tangled é o exemplo perfeito de como algumas narrativas são potencialmente intemporais se, sempre que contadas, se adequarem ao público que as ouve.

Tangled é um filme mais fresco e divertido comparando com os "grandes" da Disney, mas que sabe equilibrar drama e comédia, sem descurar a parte visual que é deslumbrante (a tecnologia fez muita justiça à trama). É agradável a sensação de inocência típica das histórias de amor da Disney misturada com um sentido de humor actual.

Já agora anoto aqui a melhor personagem do filme (excluindo os protagonistas, muito bem construídos), a "mãe" de Rapunzel, cujos temas musicais até dão arrepios!

4.0/5Alex Alex 13 de Julho de 2011 às 20:49

Um filme muito bem disposto. Visualmente fantástico.

o Rick1487 diz tudo

3.5/5Vasco Jesus Vasco Jesus 22 de Maio de 2011 às 21:52

sentimos que faltou qualquer coisa que nos poderia ter levado a outro destino, dia 14 Janeiro 2011

3.5/5Rick1487 Rick1487 9 de Maio de 2011 às 18:51

Muito fixe. tem tudo que um filme animado deve ter!!

4.0/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 8 de Abril de 2011 às 18:32

Adorei esta quinquagésima longa-metragem da Disney, também achei o par romântico deste novo filme da Disney encantador... Adorei o camaleão e o cavalo, aliás o que falta ao cavalo é falar porque de resto faz tudo...O movimento dos cabelos da Rapunzel está muito fixe...

3,5*

3.5/5Liliana Liliana 12 de Janeiro de 2011 às 01:41

O par romântico deste novo filme da Disney é no mínimo encantador. Mesmo assim, ponho num lugar de destaque o adorável camaleão e o muito enérgico cavalo policia... personagens realmente bem estruturadas e muito divertidas.

4.0/5Valverde Valverde 29 de Dezembro de 2010 às 22:07

A quinquagésima longa-metragem da Walt Disney é um filme que sabe ser aquilo que representa. Em primeiro é uma visão cheia de humor e magia do conto de Rapunzel, em segundo é um filme que sabe valorizar-se dos seus elementos, desde a técnica da animação ás excelentes canções, com destaque para "I See the Light". Peca pelo final típico do estúdio que o produz, mas não deixa qualquer dissabor no final da sessão.

4.0/5Luís Fonseca Luís Fonseca 23 de Dezembro de 2010 às 12:24

O saudável que é ainda poder acreditar, nem que seja por momentos, em magia. É o fundamental deste filme.