Stone - Ninguém É Inocente (2010)

Stone

poster

Sinopse

Um prisioneiro tenta manipular o seu oficial de liberdade condicional de forma a conseguir a libertação, colocando a sua sedutora esposa no caminho dele, mas os segredos e as suspeições levam-nos longe demais...



Visitantes
Visitantes
2.1 (39 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 16 de Dezembro de 2010 (#7 na 1ª semana)
Estreia mundial: 07 de Outubro de 2010

País: EUA
Género: Drama, Thriller
Duração: 105 min.
Distribuidora: PRIS Audiovisuais

Realização:
John Curran

Intérpretes:
Robert De Niro, Edward Norton, Milla Jovovich, Frances Conroy

Links:
www.stonemovie.com (site oficial)
trailers.apple.com/trailers/independent/stone (trailers)
www.imdb.com/title/tt1423995

Blogs

2.0/5Stone
Bocejante, desequilibrado e sem brilho, por vezes nem um elenco salva um filme da iminente ruína.”
Cinematograficamente falando, 13/Jun/2011
3.0/5Stone - Ninguém É Inocente, por Carlos Antunes
Stone tem todas as peças a postos para fazerem dele um thriller de prisão, mas é algo diferente e bem mais interessante.”
Split Screen, 5/Jun/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

0.5/5Mig@s Mig@s 14 de Agosto de 2013 às 11:56

Apenas digo: que filme mau... Sofri até ao fim mas foi para ver quando é que acabava. Tenho pena pelo Edward Norton pois pelo que vejo os papéis nos filmes que tem feito não tem tido a imagem que ele realmente merece. Não recomendo a não ser que tenham sono :)

Valdir Almeida Valdir Almeida 20 de Maio de 2011 às 20:25

Sim tens toda razão Luís, mas a partir de 2000 a sua carreira começou cair, com filmes de pouco sucesso a nível de bilheteiro e marcados pelas críticas negativas, e pode-se dizer que ele ainda é um ?jovem? no cinema. Sou um grande admirador do Kevin, mas depois da beleza americana, penso que ele teve pouca sorte nos papéis escolhidos.

Luís Alexandre Veríssimo Luís Alexandre Veríssimo 20 de Maio de 2011 às 19:11

Valdir, a carreira do Kevin Spacey até tem sido muito boa e vencer dois Óscares em duas nomeações não é para todos.