Complexo - Universo Paralelo (2010)

poster

Sinopse

No Rio de Janeiro, a 13 km do Cristo Redentor, dois portugueses aventuraram-se na mais temida favela do Brasil, onde moram mais de 300.000 pessoas - o Complexo do Alemão.

Em 2007, no período de maior tensão e violência no Rio de Janeiro, viveram a maior operação policial já realizada no estado, sentiram na pele como é a vida de um simples morador. O filme retrata este perigoso e complexo mundo.



Visitantes
Visitantes
3.8 (8 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
2.2 (5 votos)
galeria

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 13 de Janeiro de 2011 (#9 na 1ª semana)

País: Portugal, Brasil
Género: Documentário
Classificação: M/12Q
Distribuidora: Valentim de Carvalho Multimédia

Realização:
Mário Patrocínio

Intérpretes:

Outros títulos:
Complexo - Parallel Universe

Links:
www.complexofilme.com (site oficial)
www.facebook.com/complexo.universo.paralelo
www.imdb.com/title/tt1692304

A crítica

(...) no que será o seu pecado maior, o filme não consegue estabelecer uma corrente energética empática com qualquer dos protagonistas, de modo a que a audiência se sinta a partilhar da sua... mais ››
Jorge Leitão Ramos, Expresso

Blogs

3.5/5Complexo - Universo Paralelo (bué de fitas)
há algumas cenas choque pontuadas por uma ou duas de grande humanidade, mas depende sempre da perspectiva do espectador. eu esperava mais do documentário, mas compreendo o ponto de vista adoptado e o resultado final foi bom, embora claramente polido e trabalhado.”
buedefitas.blogspot.pt, 22/Mar/2015
3.5/5Complexo - Universo Paralelo
Complexo é assim uma peça fundamental no estudo social e humano dos guetos brasileiros, em particular foca a visão do povo face ao poder político e das autoridades, cujos actos provocam revolta nos habitantes.”
Cinematograficamente falando, 9/Jul/2011
3.0/5Complexo - Universo Paralelo, por Carlos Antunes
O Complexo do Alemão não será o tal universo paralelo, mas é certamente um mundo de características próprias. Esse mundo teve a sorte de ser olhado por dentro por quem depois o pode transmitir de fora e para fora. Com tanto de benefícios como de engano - a montagem valorizando os quadros visuais negam a intimidade das conversas - o filme diz mais sobre aquele morro do que qualquer outro até agora.”
Split Screen, 19/Jan/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.


Nenhum comentário adicionado.