(2010)

poster

Sinopse

Estamos no ano de 1912. Adèle Blanc-Sec é uma jovem e intrépida repórter, disposta a qualquer coisa para atingir os seus objectivos, inclusive navegar rumo ao Egipto para enfrentar múmias de todas as formas e tamanhos.

Enquanto isso, em Paris, o pânico está instalado. Um ovo de dinossauro com 136 milhões de anos eclode misteriosamente no Museu de História Natural, e o pássaro invade os céus da cidade espalhando o terror.

Mas nada nem ninguém conseguirá parar Adèle Blanc-Sec, cujas aventuras vão revelar ainda mais surpresas extraordinárias.



Visitantes
Visitantes
2.9 (14 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
1.5 (2 votos)
galeria

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 10 de Março de 2011 (#15 na 1ª semana)
Estreia mundial: 14 de Abril de 2010

País: França
Género: Acção, Aventura, Fantástico
Duração: 107 min.
Classificação: M/6
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Luc Besson

Intérpretes:
Louise Bourgoin, Mathieu Amalric, Gilles Lellouche

Outros títulos:

Links:
www.adeleblancsec-lefilm.com (site oficial)
www.imdb.com/title/tt1179025

Blogs

2.5/5Les aventures extraordinaires dAdèle Blanc-Sec
Mas tal como os inúmeros filmes inspirados deste Les Aventures Extraordinaires d’ Adéle Blanc-Sec apresenta falhas na sua textura e de tentar ser á força sedutor ao abrangente número de espectadores, mas sabendo que Luc Besson nunca foi assim tão bom, até poderíamos dar um desconto.”
Cinematograficamente falando, 15/Mar/2011
4.0/5As Múmias do Faraó - As Aventuras de Adèle Blanc-Sec, por Tiago Ramos
As Múmias do Faraó: As Aventuras de Adèle Blanc-Sec pode não ser um filme perfeito, mas cumpre completamente o seu objectivo e assume-se como uma interessante proposta de cinema familiar e de aventura, um género cada vez mais ignorado no cinema actual.”
Split Screen, 10/Mar/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 6 de Setembro de 2014 às 02:29

Difícil de avaliar. Por vezes engraçado, outras sem piada nenhuma. Mediano.