O Castor (2011)

The Beaver

poster

Sinopse

A história acompanha a jornada de um homem para reencontrar a sua família e recomeçar a sua vida. Atormentado pelos seus demónios, Walter Black foi outrora um executivo bem sucedido e o homem da família que agora sofre de uma depressão. Não importa o que ele tenta, Walter não consegue dar a volta ao problema e voltar a ser o que era... até que um fantoche castor entra na sua vida.



Visitantes
Visitantes
3.8 (48 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
3.8
Crítica
Crítica
3.0 (6 votos)

Detalhes

Ano: 2011
Estreia nacional: 16 de Junho de 2011 (#6 na 1ª semana)

País: EUA
Género: Comédia, Drama
Duração: 91 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Jodie Foster

Intérpretes:
Mel Gibson, Jodie Foster, Cherry Jones, Anton Yelchin, Jennifer Lawrence

Outros títulos:
Um Novo Despertar (Brasil)

Links:
www.thebeaver-movie.com (site oficial)
www.imdb.com/title/tt1321860

A crítica

(...) a estranheza deste argumento e a dificuldade óbvia em o tornar credível são brilhantemente trabalhadas pela realização e pelo espantoso Mel Gibson”
Jorge Leitão Ramos, Expresso
Não se esperava de Jodie Foster um regresso tão convencional”
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

5.0/5The Beaver
Trata-se de uma obra independente com uma grande força própria que nos remete a o que melhor que Mel Gibson é capaz de fazer, mesmo quem não queira fazer as pazes com este. Um excepcional exercício dramático!”
Cinematograficamente falando, 27/Nov/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

2.0/5iamthestory iamthestory 27 de Janeiro de 2012 às 00:06

Penso que a única coisa a ter em conta aqui é a actuação de Mel Gibson. Não sou fã, nem muito familiarizada com o seu trabalho, mas a sua personagem está excelentemente conseguida. O filme em si acho mau. A história poderia ser muito mais cativante.

4.0/5Nuno Figueiredo Nuno Figueiredo 12 de Setembro de 2011 às 12:06

Ora aqui uma surpresa muito boa, vi este filme sem grande expectativa mas com o desenrolar do filme fui ficando cada vez mais colado... no final posso dizer que fiquei muito surpreso com o resultado.
Mega interpretação de Mel Gibson... muito bom

3.5/5jonas jonas 25 de Agosto de 2011 às 20:06

Usando um boneco de forma a superar a sua depressão instalada até ao tutano é uma ideia de genio. O desvio social provocado pela depressão que Walter é vitima é evidente ao longo do filme, o que este faz é impor-se de novo na sociedade aliando-se a uma loucura que o torna saudavel por via de um fantoche com formas de castor. Walter encontra aí uma saída que possui 3 pontos vistas: o do exogrupo onde apontam a posição de Walter como uma loucura extrema, a do endogrupo onde os que lhe são proximos apesar de acharem uma loucura o apoiam e que no interior irão estar sempre á espera de uma recuperação, e finalmente o ponto de vista introspectivo onde para ele não é nada mais que um meio para começar de novo e um meio para manter a sua sanidade . Mel Gibson tem uma boa interpretação e Jodie Foster esta de parabens. 3.5*