O Tio Boonmee que se Lembra das Suas Vidas Anteriores (2010)

Loong Boonmee raleuk chat

poster

Sinopse

Insuficiente renal agudo, Tio Boonmee decide passar os seus últimos dias no campo, rodeado das pessoas que ama. Surpreendentemente, o espírito da sua falecida mulher aparece para tomar conta dele, e o seu filho há muito desaparecido regressa num corpo não humano. Procurando razões para a sua doença, Boonmee atravessa a floresta, acompanhado pelos familiares, até uma caverna no topo da montanha: o local do seu nascimento na sua primeira vida.



Visitantes
Visitantes
3.5 (14 votos)
O meu voto
Login / Registo
Crítica
Crítica
4.0 (6 votos)
galeria

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 31 de Março de 2011

País: Tailândia, Reino Unido, França, Alemanha, Espanha, Holanda
Género: Comédia, Drama, Fantástico
Duração: 114 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: Midas Filmes

Realização:
Apichatpong Weerasethakul

Intérpretes:
Sakda Kaewbuadee, Matthieu Ly, Vien Pimdee

Outros títulos:
Uncle Boonmee Who Can Recall His Past Lives

Links:
www.uncle-boonmee.de (site oficial)
www.imdb.com/title/tt1588895

A crítica

(...) magistral (...) Apichatpong Weerasethakul é já um dos maiores artistas do nosso tempo.”
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

3.0/5Uncle Boonmee Who Can Recall His Past Lives (2010)
Tradicional, rico e ao mesmo tempo vago, cinema artístico e experiencial sobre a reencarnação espiritual.”
Cinematograficamente falando, 10/Abr/2012
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 2 de Março de 2013 às 10:58

Profundamente vago, enigmático, filosófico e meditativo.

Um sereno abraço entre vida e morte.

:)

4.0/5Valverde Valverde 21 de Fevereiro de 2011 às 00:27

O vencedor da Palma de Ouro de Cannes é um filme diferente dos parâmetros normais do cinema, mas, para quem conhece a obra de Apichatpong Weerasethakul não ficará de todo surpreendido. Este filme, foca-se sobre a reencarnação, que é retratada a partir das recordações de um homem ás portas da morte. Todo o ambiente é de facto envolvente e por vezes até mesmo assustador pela forma como a vasta floresta parece olhar sinistramente os seus passageiros. Dado ás mais diversas analises, recomenda-se livre de estereótipos.