(2010)

Barney's Version

poster

Sinopse

Esta é a história da vida politicamente incorrecta de Barney Panofsky (Paul Giamatti), que encontra o amor da sua vida (Rosamund Pike) no dia do seu casamento... Só que não é ela a noiva. Num tom confessional, contado sob o ponto de vista de Barney, o filme estende-se ao longo de três décadas e dois continentes, transportando-nos através de diferentes capítulos da sua improvável história.

Ficamos a conhecer a sua primeira mulher, Clara (Rachelle Lefevre), uma loiraça de espírito livre com quem Barney partilha uma vida boémia em Roma, durante um curto período de tempo. A sua "segunda Mrs. P.", (Minnie Driver), é uma abastada princesa judia que só se interessa por compras e em falar incessantemente, e à qual Barney praticamente não liga. E é durante o seu espampanante casamento que Barney conhece e começa a interessar-se por Miriam (Rosamund Pike), a sua terceira mulher, mãe dos seus dois filhos e o seu verdadeiro amor.

Tendo o seu pai, Izzi (Dustin Hoffman), como acompanhante, Barney leva-nos a conhecer os altos e baixos da longa e colorida vida.



Visitantes
Visitantes
3.7 (21 votos)
O meu voto
Login / Registo
galeria

Detalhes

Ano: 2010
Estreia nacional: 19 de Maio de 2011 (#10 na 1ª semana)

País: Canadá, Itália
Género: Drama
Duração: 134 min.
Classificação: M/12
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Richard J. Lewis

Intérpretes:
Paul Giamatti, Macha Grenon, Paul Gross, Minnie Driver, Dustin Hoffman, David Cronenberg, Bruce Greenwood

Links:
www.barneysversionthemovie.com (site oficial)
www.sonyclassics.com/barneysversion (site oficial)
www.imdb.com/title/tt1423894

Blogs

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5jonas jonas 4 de Agosto de 2011 às 06:19

confesso que giamatti teve uma boa interpretação mas o filme não me disse nada de mais..opiniões 3*

4.0/5Valverde Valverde 21 de Julho de 2011 às 13:49

Barneys Version respira uma enorme alma. O protagonista, o incompreendido Barney leva uma vida inteira a passar ao lado de tudo. As suas mágoas, as suas revoltas mas também as suas esperanças têm um registo muito sensível e que ganha uma forma completa pela interpretação do genial Giamatti. As interpretações são todas óptimas e o fio condutor da história é sempre muito seguro e cheio de excelentes diálogos.

5.0/5Bruno Ricardo Moreira da Costa Bruno Ricardo Moreira da Costa 13 de Abril de 2011 às 18:46

Em Janeiro de 2011, Paul Giamatti ganhou um Globo de Ouro de Melhor Actor Comédia ou Musical no papel de um homem mulherengo.

Boas interpretações de Paul Giamatti, Rosamund Pike, Minnie Driver, Rachelle LeFevre, Scott Speedman e Dustin Hoffman.