Sangue do Meu Sangue (2011)

poster

Sinopse

É um filme sobre o amor incondicional, o amor de uma mãe pela sua filha, o amor de uma tia pelo seu sobrinho. E de como elas estão dispostas a sacrificar tudo para os salvar…Márcia é mãe solteira de dois filhos, trabalha como cozinheira e partilha a sua casa num bairro municipal com a irmã, Ivete, cabeleireira de centro comercial. Um dia, Cláudia, a filha, que estuda enfermagem e trabalha como caixa num supermercado, conta à mãe que se apaixonou por um homem mais velho e casado. Quando Márcia o conhece, percebe que uma ameaça gravíssima pesa sobre a sua família. Joca, o filho, é um pequeno traficante no bairro até que decide dar um golpe ao seu dealer, mas é apanhado e a sua tia Ivete terá que se sacrificar por ele para o salvar.



Visitantes
Visitantes
3.9 (30 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.5
Crítica
Crítica
4.0 (7 votos)

Detalhes

Ano: 2011
Estreia nacional: 06 de Outubro de 2011

País: Portugal
Género: Drama
Classificação: M/16Q
Distribuidora: Midas Filmes

Realização:
João Canijo

Intérpretes:
Rita Blanco, Anabela Moreira, Cleia Almeida, Nuno Lopes, Fernando Luís, Beatriz Batarda

Outros títulos:
Blood of My Blood

Links:
www.imdb.com/title/tt1625155

A crítica

A tremenda resposta positiva pelos canais de comunicação fez de «Sangue do Meu Sangue» um autêntico filme-acontecimento, com a publicidade a gerar um efeito de... mais ››
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
(...) infelizmente, manipula a verdade que simula trazer na boca para subjugar a vida a um espectáculo degradante”
Francisco Ferreira, Expresso

Blogs

ver todos
4.5/5Sangue do Meu Sangue
Eis um trabalho completo, a um de se converter numa obra-prima, onde é o realismo um preço arriscado, mas bem conseguido. Pelos vistos, João Canijo melhora a cada filme que faz.”
Cinematograficamente falando, 15/Abr/2013
4.0/5Sangue do Meu Sangue
Os três filmes anteriores de Canijo eram adaptações de tragédias gregas, ancoradas em textos clássicos, e isso contagiava a estrutura do filme com um fatalismo vertiginoso, transpiravam tragédia. Este "Sangue do Meu Sangue" continua a ser fatalista, mesmo sendo uma tragédia portuguesa, e esse fatalismo bastante português.”
cinemadejunkie.blogspot.com, 31/Jan/2012
5.0/5«Sangue do Meu Sangue» – As palavras de ordem são “Amor” e “Redenção”
Vou ser bastante claro, “Sangue do Meu Sangue” é sem dúvida o melhor filme português do ano e um dos melhores deste século. “Sangue do Meu Sangue” é um filme obrigatório a ver, pela sua beleza crua e realista e pelas magistrais interpretações deste elenco.”
www.cinema7arte.com, 24/Out/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5Valverde Valverde 15 de Outubro de 2012 às 01:20

João Canijo põe os seus actores a falar e a improvisar conversas de gente comum tal e qual como elas acontecem numa esquina qualquer. Existe um realismo fatalista nesta história como já acontecia com o anterior Noite Escura, mas aqui ele comporta-se a uma preocupante agravante... a classe média começa a identificar-se mais e mais com estas personagens. É este o Portugal que existe e não se quer conhecer. Há uma cena extraordinária que é das melhores que já vi em cinema português. A primeira cena do almoço entre a maioria do elenco. Pura genialidade. O filme é um grande acontecimento e um excelente representante do país para os Oscars (ainda que não tenha visto o Tabu).

5.0/5Pedro Silveira Pedro Silveira 31 de Outubro de 2011 às 22:58

Um dos filmes do ano.

3.5/5Lourenço Lourenço 10 de Outubro de 2011 às 23:47

Um filme bastante bom, com alguns excessos.. mas caracteriza na perfeição o modo de vida da classe baixa/média portuguesa. 3.5*