Contrabando (2012)

Contraband

poster

Sinopse

Há muito que Chris Farraday (Wahlberg) deixou a vida do crime, mas depois do seu cunhado Andy (Caleb Landry Jones) estragar um negócio de droga ao seu cruel patrão, Tim Briggs (Giovanni Ribisi), Chris vê-se obrigado a voltar a fazer aquilo que ele faz de melhor – contrabando – para pagar a dívida de Andy. Chris é um lendário contrabandista e rapidamente forma uma equipa com a ajuda do seu melhor amigo Sebastian (Ben Foster), para um golpe final no Panamá, na esperança de trazer milhões de notas falsas.

Mas quando o plano se desmorona, a horas de alcançar o dinheiro, Chris terá de recorrer às suas enferrujadas habilidades para navegar por uma traiçoeira rede criminosa de traficantes de droga, polícias e assassinos antes da sua mulher Kate (Kate Beckinsale) e dos seus filhos se tornarem o alvo.



Visitantes
Visitantes
2.7 (26 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
2.0

Detalhes

Ano: 2012
Estreia nacional: 01 de Março de 2012 (#5 na 1ª semana)
Estreia mundial: 12 de Janeiro de 2012

País: EUA, Reino Unido, França
Género: Acção, Crime, Drama
Duração: 109 min.
Classificação: M/16
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Baltasar Kormákur

Intérpretes:
Robert Wahlberg, Caleb Landry Jones, Jason Mitchell, Mark Wahlberg, Ben Foster, Lukas Haas, Kate Beckinsale, Giovanni Ribisi

Links:
www.contrabandmovie.net (site oficial)
www.facebook.com/Contraband
www.imdb.com/title/tt1524137

A crítica

Inevitáveis são as comparações deste "Contrabando" com outro filme protagonizado por Mark Wahlberg, "The Italian Job" de 2003. O argumento converge em... mais ››
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate

Blogs

2.0/5Contraband
Baltasar Kormákur consegue o inesperado, pegar numa obra que protagonizou em 2008 que foi o islandês e até interessante thriller, Reykjavík Rotterdam dirigido por Óskar Jónasson, e transforma-la num simples “produtozinho” hollywoodesco”
Cinematograficamente falando, 21/Dez/2012
2.5/5Crítica: "Contraband"
Contraband é um filme que para os amantes do género é algo que não desaponta e que provavelmente até se acaba por tornar muito interessante, para quem está à procura de algo novo, talvez não seja a melhor opção.”
esteblognaoeparavelhos.wordpress.com, 1/Mai/2012
2.5/5Portal Cinema - Contraband
É verdade que “Contraband” não é um mau filme mas também não é lá muito bom. Se gostou de "Gone in 60 Seconds" ou das várias obras da "Fast & Furious Saga" então também vai gostar deste remake, mas o melhor mesmo é ver a versão islandesa que é superior em todos os aspectos.”
portalcinema.blogspot.pt, 15/Mar/2012
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

3.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 3 de Setembro de 2012 às 11:55

O filme vê-se bem, entretém, mas é apenas mais um entre tantos outros.

:)

2.0/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 19 de Abril de 2012 às 18:25

Nada de especial, enfim mais uma desilusão...

2*

3.0/5torique torique 19 de Abril de 2012 às 10:41

um bom filme de se ver.
da para entreter.