(2011)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.0/5Adrix Adrix 5 de Setembro de 2012 às 13:35

Demasiado excêntrico. Verdade que não sou conhecedor do historial de Ghost Rider, mas creio que foi levado a um limite dispensavel e toda a suposta comédia, deveria ter sido desenvolvida antes num tom escuro e "submundesco" que levaria este filme a um patamar muito superior.

No entanto Ghost Rider (caveira, roupa e estilo) muito mais cooll e dark que no filme anterior !!!

Mas resumindo é fraco, muito fraco

2.0/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 10 de Agosto de 2012 às 19:12

Também não gostei lá muito!!!

2*

2.0/5torique torique 4 de Junho de 2012 às 12:48

completamente um lixo de filme.vai tudo contra o primeiro filme.parecia o x-men com personagens cheios de poderes.nao aconcelho porque quem gostou do primeiro o segundo vai ser uma desilusao.

so nao dou 1/5 ao filme porque tem o nicolas cage.

2/5

3.5/5Maria Inês Maria Inês 18 de Março de 2012 às 22:33

"Ghost Rider", como outros filmes da Marvel, apresenta uma estética apelativa, uma montagem frenética e de boa qualidade, opções artísticas muito características da banda desenhada (aqui especialmente realçada). Penso que Nicolas Cage esteve à altura de um papel completamente louco como o de Ghost Rider, com gargalhadas inesperadas e um estilo muito peculiar. A banda sonora estava também bem escolhida, mas o que pecou particularmente foi o argumento. Na minha opinião foi o mais fraquinho.

Cortou-se muito na exploração de Johnny Blaze como anti-herói (como o são praticamente todos os heróis da Marvel), momentos dramáticos são praticamente nulos e quando são, há algo que imediatamente quebra essa atmosfera. Claro que tudo isto pode ter sido propositado para obedecer a um objectivo diferente (o de fazer uma comédia), mas podia ter sido mais contido.

Apesar de tudo, gostei. Não é o melhor filme do género, mas se nos dispusermos a assistir a algo diferente e mais cómico do que o habitual, penso que será uma boa experiência!

2.0/5Luso-Americana Luso-Americana 19 de Fevereiro de 2012 às 18:41

Sinceramente, não me encheu as medidas: o argumento é pobre, a acção é agressiva e barulhenta e a interpretação de Nicolas Cage é muito pouco subtil.

Aquilo que pretendia ser o chamado "trashy fun", não passou, na minha opinião, de simples "trash".

Parece-me que Eva Mendes tomou a decisão certa ao recusar participar nesta sequela.

:)