The Hunger Games - Os Jogos da Fome (2012)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

2.0/5torique torique 3 de Dezembro de 2014 às 10:38

daqueles filmes quando um gajo nao tem mesmo nada que fazer ... e mesmo assim é tempo perdido.

5.0/5Joao Pereira Joao Pereira 18 de Outubro de 2012 às 21:46

Não li o livro, e estava reticente em ver o filme, mas fiquei bem surpreendido! =)

4.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 9 de Setembro de 2012 às 05:36

Gostei. Não defraudaram o livro e apresenta uma boa aventura. Concordo que o filme devia ser mais cru e profundo por forma a não se perder o espírito da saga. Mas vale bem a pena!

3.0/5jonas jonas 14 de Agosto de 2012 às 16:18

a primeira hora promete muito, contudo, o filme nao se aguenta de todo. É tudo muito superficial e arrisco-me a dizer amador. A ultima parte do filme parece aqueles filmes para adolescentes..bah! O argumento era tão bom..3*

3.5/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 10 de Agosto de 2012 às 19:13

Não li o livro mas vi o filme, e gostei do filme!!!

3,5*

3.0/5Valverde Valverde 6 de Agosto de 2012 às 00:57

Os Jogos da Fome esforça-se constantemente para fugir à formula básica que têm preenchido 90% do que é feito essencialmente para a comunidade teen. O problema surge em atrapalhar-se com o que realmente quer mostrar e para quêm. Existe, obviamente, um potencial aqui, no ideal que representa, material suficiente para não ter receio de cair na estereotipo de teen movie, infelizmente, o argumento é acanhado em apresentá-lo. Depois, no que à acção se refere, os jogos passam num ápice depois de tanta publicidade prévia, não existe qualquer interesse por quem vive ou quem morre (só mesmo Lawrence consegue à força dar alma à sua personagem) e, para pior de tudo, não existe um pingo de violência ou brutalidade que não seja a sugerida indirectamente (afinal de contas, estamos a falar de um jogo violento que nos é impingido desde o inicio do filme). Ora, dessa forma não deixa de haver uma certa desilusão, pela timidez de profundidade e pela escassez de brutalidade. Existe potencial, sim, e espero confiantemente que se traduza em frutos mais maduros na sequela.

3.0/5Maria Inês Maria Inês 20 de Abril de 2012 às 19:10

Dado que não li os livros (por enquanto), não posso fazer comparações.

Não achei o filme tão interessante como fizeram parecer: diversas escolhas relativas ao argumento não fizeram sentido. O elenco foi bem escolhido para um filme do género, a banda sonora era adequada, a ambiência original...nitidamente houve uma tentativa de quebrar com o clichê, mas a história falha. Há demasiadas incoerências tanto em termos de permissas base como de comportamento das personagens - talvez nos livros estas incoerências não existam, mas no filme eram evidentes e estragaram um pouco a seriedade pretendida.

No final, apesar de não o considerar um filme fantástico, aconselharia Hunger Games a um público jovem adepto de fantasia, já que, ao contrário de alguns filmes recentes do género, introduz temas de reflexão muito interessantes (principalmente numa sociedade totalmente dependente dos media e da aparência).

4.5/5Margarida Margarida 26 de Março de 2012 às 21:15

Muito bem feito mesmo. Acho que quem leu o livro ficará satisfeito, como é o meu caso. Apesar da falta de algumas coisas que ocorrem no livro e que eu considero importantes (entre elas, o distrito 11 enviar pão à Katniss como forma de agradecimento pela homenagem a Rue ou Peeta ficar sem uma perna) adorei o filme e deixou-me ansiosa para ver a sequela. Excelentes interpretações, os actores foram todos muitíssimo bem escolhidos. Fico à espera do próximo :).