Amigos Improváveis (2011)

Intouchables

poster

Sinopse

Após um acidente de parapente, Philippe, um rico aristocrata, contrata Driss, um jovem dos subúrbios, praticamente acabado de sair da prisão, para o assistir no dia a dia...

Resumindo, a pessoa menos adequada para o trabalho.

Juntos, vão fazer renascer Vivaldi, recuperar "Earth Wind and Fire", o verbo e o portão, os fatos clássicos e os fatos de treino.

Dois universos irão cruzar-se e integrar-se para dar nascimento a uma amizade tão louca, divertida e forte quanto inesperada, uma relação única que vai produzir faíscas e torná-los verdadeiros amigos improváveis.



Visitantes
Visitantes
4.1 (73 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
3.5
Crítica
Crítica
1.0 (1 voto)

Detalhes

Ano: 2011
Estreia nacional: 29 de Março de 2012 (#4 na 1ª semana)
Estreia mundial: 02 de Novembro de 2011

País: França
Género: Comédia, Drama
Duração: 112 min.
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Olivier Nakache, Eric Toledano

Intérpretes:
François Cluzet, Omar Sy, Anne Le Ny

Outros títulos:
Untouchable

Links:
www.facebook.com/Intouchables.lefilm
www.imdb.com/title/tt1675434

Blogs

4.0/5Intouchables
Será que Intouchables merece o sucesso que tem obtido em todo o Mundo? A resposta é sincera … sim. (...) Uma surpresa afável que une drama e comédia em plena sintonia e que nos fazem sair da sala de cinema com um sincero sorriso estampado nos lábios.”
Cinematograficamente falando, 12/Ago/2012
4.5/5Portal Cinema - Amigos Improváveis
“Intouchables” é indiscutivelmente um dos melhores “feel-good movies” dos últimos anos que, no meu entender, merece claramente duas horas da nossa vida.”
portalcinema.blogspot.pt, 9/Abr/2012
Box-office internacional de cinema Amigos Improváveis
Box-office internacional de cinema Amigos Improváveis (intouchables) em todo o mundo classificados por país”
boxofficeintouchables.unblog.fr, 30/Mar/2012
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 23 de Maio de 2013 às 14:27

Verdadeiramente tocante.

Ainda estou completamente arrepiada e de lágrimas nos olhos...

António António 9 de Abril de 2013 às 23:13

Sem dúvida, um dos melhores filmes a que já assisti. Mostra, de facto, que os "menos bons" mesmo com os piores defeitos, conseguem afeiçoar-se a alguém e reconstruir a sua vida, quase que adivinhando o que lhes vai na alma. Adorei a parte da dança, quando ele se pôs a dançar aquele ritmo. Adorei também o fim e como cada um seguiu a sua vida, enfim, tantas coisas...

4.0/5André Filipe Moreira Santos André Filipe Moreira Santos 26 de Dezembro de 2012 às 22:11

Mais uma pérola vinda de França, com um grande desempenho de Omar Sy...
4*