(2012)

Brave

poster

Sinopse

Brave Indomável acompanha a épica batalha de Merida, habilidosa arqueira e impetuosa filha do Rei Fergus (Billy Connolly) e da Rainha Elinor (Emma Thompson). Determinada a trilhar o seu próprio destino, Merida desafia um costume ancestral, sagrado para os incontroláveis e poderosos senhores da terra: o carrancudo Lorde Macintosh (Craig Ferguson), o enorme Lord MacGuffin (Kevin McKidd) e o irritante Lord Dingwall (Robbie Coltrane).

As acções de Merida lançam inadvertidamente o caos e a fúria no reino, e quando ela recorre a uma velha e excêntrica Bruxa (Julie Walters) a ajuda vem em forma de maldição. O perigo iminente força Merida a chamar todas as suas capacidades e recursos - incluindo os seus habilidosos e travessos irmãos trigémeos - e descobrir o significado da verdadeira coragem, para poder travar a terrível maldição antes que seja tarde demais.



Visitantes
Visitantes
3.3 (36 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2012
Estreia nacional: 16 de Agosto de 2012
Estreia mundial: 18 de Junho de 2012

País: EUA
Género: Animação, Acção, Aventura
Duração: 100 min.
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Mark Andrews, Brenda Chapman, Steve Purcell

Intérpretes:
Kelly Macdonald, Billy Connolly, Emma Thompson, Julie Walters, Robbie Coltrane

Links:
www.disney.pt/brave (site oficial)
www.imdb.com/title/tt1217209

Blogs

ver todos
3.5/5Brave
Mágico ocasionalmente, é mesmo assim uma das melhores obras animadas do ano, mas sente-se a falta da anterior Pixar. Uma pequena decepção!”
Cinematograficamente falando, 1/Set/2012
3.0/5Brave - Indomável, por Carlos Antunes
Não deixa de haver sequências muito bem traçadas nesta fase do filme, mas a sua variância abrupta de tom mostra que não foram encontradas as melhores soluções.”
splitscreen-blog.blogspot.pt, 30/Ago/2012
3.5/5«Brave – Indomável» – Faz-se história na Pixar, mas não basta
Esperava-se mais da mais recente produção da Pixar.”
www.cinema7arte.com, 17/Ago/2012
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

Alex Alex 20 de Janeiro de 2013 às 01:28

Concordo a 100% com a opinião do Rui Fernandes. Visualmente deslumbrante, mas faltou algo.

3.0/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 18 de Janeiro de 2013 às 19:43

Gostei mas esperava mais, é um filme que ficou muito aquém de quem estava com expectativas muito altas nesta recente produção da Pixar ... É um filme que podia ter tido mais desenvolvimento e não teve, e perdeu-se um bocado por isso...

3*

2.0/5Valverde Valverde 6 de Janeiro de 2013 às 18:35

A nova produção da Pixar é tal e qual como esperávamos, visualmente arrebatadora, porém, surpreendentemente, é bastante limitada e sem imaginação, ainda que os sempre bonitos e valiosos valores estejam lá a ser ensinados a miúdos e graúdos. Dizer que este é um filme menor da Pixar é um soberbo elogio ao estúdio.