A Gaiola Dourada (2013)

poster

Sinopse

Num dos melhores bairros de Paris, Maria e José Ribeiro vivem há cerca de 30 anos na casa da porteira no rés-do-chão de um prédio da segunda metade do século XIX. Este casal de imigrantes portugueses é querido por todos no bairro: Maria uma excelente porteira e José um trabalhador da construção civil fora de série. Com o passar do tempo, este casal tornou-se indispensável no dia-a-dia dos que com ele convivem. São tão apreciados e estão tão bem integrados que, no dia em que surge a possibilidade de concretizarem o sonho das suas vidas, regressar a Portugal em excelentes condições, ninguém quer deixar partir os Ribeiro, tão dedicados e tão discretos. Até onde serão capazes de ir a sua família, os seus vizinhos e os patrões para não os deixarem partir? Mas estarão, a Maria e o José, verdadeiramente com vontade de deixar França e de abandonar a sua preciosa gaiola dourada?



Visitantes
Visitantes
3.8 (31 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2013
Estreia nacional: 01 de Agosto de 2013

País: Portugal, França
Género: Comédia
Duração: 90 min.

Realização:
Ruben Alves

Intérpretes:
Rita Blanco, Joaquim de Almeida, Roland Giraud

Links:
www.imdb.com/title/tt2261749

Blogs

ver todos
4.0/5Crítica a «A Gaiola Dourada», por André Olim
Absolutamente hilariante e sagaz, A Gaiola Dourada é simultaneamente uma cómica representação e uma adequada comemoração dos costumes e das idoneidades portuguesas onde as probabilidades de familiaridade são elevadas.”
terceirotake.blogspot.pt, 27/Ago/2013
4.0/5A Gaiola Dourada (bué de fitas)
o trunfo do filme é a forma bem disposta e humana como retrata os acontecimentos. os estereótipos, os espalhafatos, os exageros surgem naturalmente e são usados de uma forma inteligente e despretensiosa, um uso sábio que eleva o filme muito além do medíocre que a história faz adivinhar e que faz o espectador sentir e torcer pela alma lusitana.”
buedefitas.blogspot.pt, 5/Ago/2013
4.0/5A Gaiola Dourada, por Tiago Ramos
Ponham-se os olhos aqui e veja-se que é possível trazer para os cinemas um filme com que o público se identifique, sem comprometer a qualidade e a inteligência do espectador.”
splitscreen-blog.blogspot.pt, 1/Ago/2013
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Francisco Francisco 7 de Setembro de 2013 às 11:57

Filme de grande qualidade. Inteligente, engraçado e comovente. 4/5

4.5/5Zukunft Zukunft 3 de Agosto de 2013 às 21:41

muito bom! recomendo vivamente!