A Propósito de Llewyn Davis (2013)

Inside Llewyn Davis

poster

Sinopse

Uma semana da vida de um jovem cantor no ambiente da cena musical folk de Greenwich Village, NY, em 1961.

A vida de Llewyn Davis encontra-se numa encruzilhada. Cronicamente falido, de guitarra ao ombro e à mercê do impiedoso inverno de Nova Iorque, Llewyn luta para vencer enquanto músico, apesar dos obstáculos que tem de enfrentar.



Visitantes
Visitantes
3.8 (10 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2013
Estreia nacional: 19 de Dezembro de 2013

País: EUA
Género: Drama
Duração: 105 min.
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Ethan Coen, Joel Coen

Intérpretes:
Oscar Isaac, Carey Mulligan, John Goodman

Links:

Blogs

3.5/5«A Propósito de Llewyn Davis» – Um falhado, um gato e música folk!
Os Coen mantêm assim o seu sentido de humor, estilo e temáticas e por isso mesmo fazem um bom filme, mas há que criar algo novo também.”
www.cinema7arte.com, 23/Dez/2013
4.5/5Crítica a «A Propósito de Llewyn Davis», por André Olim
A Propósito de Llewyn Davis é um filme que triunfa na abordagem simplista, na deslumbrante música e na interpretação excepcional de Oscar Isaac no papel principal. Os irmãos Coen têm outro êxito em mãos.”
terceirotake.blogspot.pt, 19/Dez/2013
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

4.0/5Frederico Daniel Frederico Daniel 23 de Julho de 2015 às 02:56

Valverde Valverde 10 de Janeiro de 2014 às 17:34

Há uma musica do Bob Dylan, talvez a mais conhecida, Like a Rolling Stone, onde algures ele diz "como é te sentires, não teres onde dormir, andares por ti próprio, sem direção definida, como uma pedra rolante?". Inside Llewyn Davies é provavelmente o melhor filme dos Coen desde Este País Não É Para Velhos e, definitivamente, dos melhores da carreira dos irmãos. Llewyn Davies é um personagem interessantíssimo, complexo, revoltado e ansioso, alguém que sofre para mostrar ao mundo aquilo que o mundo ainda não está bem preparado para ver - mas estava bem quase... O Dylan acabaria por aparecer para salvar todos os Llewyn desde a Greenwich Village até ao reste do país, naquele que seria o inicio dum tempo fantástico para o folk e para o rock. Porém, a brilhante fita dos Coen não é bem sobre isso, é mais sobre os trambolhões, sobre as raivas e presunções, sobre o karma, sobre as ruas molhadas e as luzes amargas que todos os vagabundos rolante correm até que alguém os apanhe. É pura poesia. Inside Llewyn Davies é uma preciosidade de se apanhar. Um dos melhores de 2013.