O Lobo de Wall Street (2013)

The Wolf of Wall Street

poster

Sinopse

A história verídica do corretor da bolsa nova-iorquino Jordan Belfort. Do sonho americano à ganância empresarial. Belfort passa de ações de pouco valor e dos ideais de justiça para as OPV e uma vida de corrupção, no final dos anos 80. O sucesso excessivo e a sua gigantesca fortuna aos vinte e poucos anos, enquanto fundador da corretora Stratton Oakmont, deram a Belfort o título de O Lobo de Wall Street.



Visitantes
Visitantes
4.0 (42 votos)
O meu voto
Login / Registo

Detalhes

Ano: 2013
Estreia nacional: 09 de Janeiro de 2014

País: EUA
Género: Crime, Comédia
Duração: 180 min.
Distribuidora: ZON Lusomundo

Realização:
Martin Scorsese

Intérpretes:
Leonardo DiCaprio, Jonah Hill, Margot Robbie, Matthew McConaughey, Rob Reiner, Jon Favreau, Jean Dujardin

Links:

Blogs

3.5/5«O Lobo de Wall Street» – Ascensão e queda em Wall Street
A realização de Scorsese continua a ser brilhante, mas esta não é das suas melhores obras, longe disso. Mas não deixa de ser um interessante filme e uma história louca e hilariante que merece ser conhecida. “O Lobo de Wall Street” é acima de tudo uma boa e hilariante surpresa.”
www.cinema7arte.com, 12/Jan/2014
4.0/5Crítica a «O Lobo de Wall Street», por André Olim
O Lobo de Wall Street é um instantâneo clássico americano que peca apenas por uma conclusão menor e que encontra o realizador Martin Scorsese e o argumentista Terence Winter em boa forma. Ainda que longo, nunca desbarata o seu interesse.”
terceirotake.blogspot.pt, 9/Jan/2014
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

5.0/5Mónica Bonjour Mónica Bonjour 10 de Março de 2014 às 03:13

é fantástico, dá vontade de voltar a ver mal acaba o filme. As cenas, o guião, actotes brilhantes. E martin scorsese dá aos atores a liberdade de criatividade nas cenas tornando-as ainda mais perfeitas. As mudanças de câmara em que se dirige ao publico, cinema diferente que foge dos padrões normais. Surpreendeu todas as expectativas, não há melhor que DiCaprio para o papel, só ele mesmo para representar desta grandiosa forma, tornar o cenário rico e excêntrico !!

4.0/5Francisco Francisco 16 de Fevereiro de 2014 às 22:12

O cinema tem como principal intuito criticar, satirizar, denunciar e retratar a realidade. As cenas mais ousadas deste filme limitam-se a fazê-lo, algo que contribui para que este filme seja de óptima qualidade.

Para além de ter achado o filme muito bom, apenas tenho a dizer mais isto: se não for desta vez que o DiCaprio ganha o Óscar, mais vale ele desistir de o conseguir. A sua interpretação é SURREAL, absolutamente FANTÁSTICA.

4.0/5MIGUEL MIGUEL 2 de Fevereiro de 2014 às 19:00

É verdade que o filme retrata a vida de um excelente corretor da forma mais real possível e, por isso, a loucura, a droga e o sexo são assuntos mais do que falados. Muitas pessoas ficaram chocada e desaprovaram muitas das cenas dos filme. Mas deixem-me que diga uma coisa. Se tentam fugir da realidade que vos rodeia, então vão ter uma vida tramada.
O filme é bom exatamente por ser duro e cru. As interpretações são óptimas e há diálogos compridos, ao estilo Tarantino, que não nos aborrecem e deixam-nos completamente colados ao ecrã. Também foi bom ver que Scorcese ainda consegue construir obras fenomenais e que tem uma excelente capacidade para diverseficar.
O único ponto que me desiludiu foi a duração do filme. Apesar de envolver o espetador, é doloroso ficar sentado três horas num banco.