(1998)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

5.0/5Valverde Valverde 19 de Junho de 2010 às 00:54

Terrence Malick traz uma visão poética sobre a 1ª Guerra Mundial, traz perguntas como, valerá a pena? Quando nos passámos a dividir? É uma perspectiva muito bem realçada num dos melhores filmes de guerra já feitos.

2.5/5Sam Per Sam Per 21 de Agosto de 2009 às 11:53

Faço minhas as palavras do jonas. Terrence Malick poderia ser eventualmente realizador no National Geographic, pois nos seus filmes são filmadas as árvores, os peixes, as cobras, as aves, e esquece-se de filmar os actores...

3.5/5André Filipe Moreira Santos André Filipe Moreira Santos 19 de Fevereiro de 2009 às 00:31

Para filme de guerra é paradinho, mas tem uma coisa fantástica que é a forma como o realizador filma a natureza, natureza essa que é um contraste constante com a guerra durante o filme. Filme para reflectir visualmente poderoso. 3.5*

2.5/5jonas jonas 26 de Setembro de 2007 às 18:07

epa perdoem-me mas terrence malick nao faz mesmo o meu genero de realizador...mau na minha opinião! 2.5*

Marafado
Marafado 11 de Maio de 2006

Um dos melhores filmes de guerra de todos os tempos!só o Apocalipse Now trata a guerra da mesma forma.E radical, filosófico, louco e belo ao mesmo tempo.Senti a guerra de uma forma arrepiante, como nunca a tinha sentido.5*

EWILAN - fixa este nome!
EWILAN - fixa este nome! 3 de Abril de 2005

Uma verdadeira obra-prima, um filme fantástico, excelentes actores e excelentes interpretações. Trata-se de um filme de guerra que pretende pensar a guerra. É filosófico e emotivo. Uma das frases fortes: «A guerra não faz dos homens heróis, faz deles animais».