(1999)

Boys Don't Cry

poster

Sinopse

Não existe uma sinopse para este filme.



Visitantes
Visitantes
3.6 (76 votos)
O meu voto
Login / Registo
PTGate
PTGate
3.0

Detalhes

Ano: 1999
Estreia nacional: 17 de Março de 2000
Estreia mundial: 08 de Outubro de 1999

País: EUA
Género: Drama

Realização:
Kimberly Peirce

Intérpretes:
Hilary Swank, Chloë Sevigny, Peter Sarsgaard, Brendan Sexton Jr.

Links:
www.foxsearchlight.com/boysdontcry (site oficial)
foxsearchlight.com/production/boysdontcry/trailer_hi.mov (trailers)
www.imdb.com/title/tt0171804

A crítica

Um filme que é sobretudo um veículo para a sua actriz (...) Uma interpretação intensa.”
António Cabrita, Expresso

Blogs

3.5/5Os Rapazes Não Choram (bué de fitas)
o filme vive das interpretaçõe de swank e de sevigny, mas todo o elenco secundário é muito bom. a atmosfera do filme é suja, poeirenta, escura. o argumento é duro, com um tema polémico rematado com um desfecho triste. (...) não é um filme para todos, devido à sua maturidade e crueza.”
Bué de fitas, 24/Set/2011
sugerir um link

Comentários RSS

ver todos Faça login para deixar um comentário.

Maria Inês Maria Inês 31 de Outubro de 2011 às 00:02

O mais triste sobre este filme é ter sido baseado num caso real...a minha ideia quando o visionei era que tudo parecia demasiado exagerado, deprimente, despreocupado para ser verdade, mas pelos vistos mantiveram muito da realidade.

Funciona bem como drama, sinceramente nunca esperaría ver a Hilary Swank num papel assim...muito bem conseguido nesse aspecto.

Talvez não tenha sido feito muito ao meu gosto em termos de imagem, se bem que percebo que se pretendia essa atmosfera crua, realista e sem grandes artifícios...tem um carácter quase documental.

3.0/5..::Cátia Cruz::.. ..::Cátia Cruz::.. 12 de Junho de 2011 às 14:07

Este filme é um verdadeiro murro no estômago. É duro, cru, verdadeiro. E todo o seu estofo se deve às interpretações não só da Hilary, mas de todo o elenco. Cheguei a sentir a dor das personagens.

3.5/5Avó Lurdes Avó Lurdes 6 de Abril de 2011 às 11:02

Este filme emocionou-me tanto! Que grande interpretação da menina Hilary Swank! Fez-me pensar como o mundo é injusto quando é confrontado com a diferença.

Foi, sem dúvida, como um murro no estômago, pelo realismo que apresenta. É daqueles obrigatórios!

*Comentário Nº 94 de uma velhota que pretende aproveitar a reforma vendo todos os filmes possíveis, guiando-me pela ordem que apresentam aqui no maravilhoso Cinema PT Gate!*