(2001)

poster

a crítica

(...) filme magnífico (...) magnífico argumento, a partir de um história bastante original, a escrita fílmica de Audiard flui com uma eficácia e justeza que tornam o filme um objecto que devia ser analisado nas escolas de cinema.”
António Cabrita, Expresso