(2002)

poster

a crítica

Rafelson durante algum tempo segue mais ou menos a trama, mas quando o grupo sai de casa perde-se numa série de inverosimilhanças, esgotando a pouca energia que o filme ainda mostrava. Um excelente elenco completamente desperdiçado.”
Manuel Cintra Ferreira, Expresso