Os Imortais (2003)

poster

a crítica

(...) o filme consegue seguir sem solavancos de maior até ao fim, com uma subtil mas muitíssimo eficaz reconstituição de época e uma fluidez, segurança e eficácia de que poucos cineastas portugueses se podem gabar. Não é uma obra-prima, mas pode ser o início de uma reconciliação do grande público com o nosso cinema.”
Luís Salvado, Premiere