(2004)

poster

a crítica

O que não teria o já invocado Tim Burton feito com tal material... (...) As vicissitudes do trio de órfãos não chegam a formar uma história com cabeça, tronco e membros, ficando como uma sucessão de situações humorístico-arrepiantes tenuamente grudadas umas às outras.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias
Não chega, evidentemente, à altura de um filme de Tim Burton (...) mas anda lá por perto e, para o Natal, é bem mais sugestivo e interessante do que outros filmes concorrentes.”
Manuel Cintra Ferreira, Expresso