Feliz Natal, Mr. Lawrence (1983)

poster

a crítica

É uma história de guerra, como tantas, com os aliados como heróis e os soldados do Eixo como algozes? Também é - mas é muito mais que isso, é a irrupção dos cordéis do desejo no espaço onde o cinema menos o figurou.”
Jorge Leitão Ramos, Expresso
Um sentido de espectáculo que combina a tradição do filme de guerra com um intimismo delicado e perturbante.”
João Lopes, Diário de Notícias