(2007)

poster

a crítica

Adaptado do famoso conto literário de Katherine Paterson, «O Segredo de Terabithia» narra a história de dois jovens que, para se refugiarem dos dissabores que a vida escolar lhes proporciona, criam um mundo paralelo a que dão o nome de Terabithia.
Colocando de lado quaisquer semelhanças com «Uma Série de Desgraças» e «As Crónicas de Nárnia», «O Segredo de Terabithia» é um bom exercício de cinema para a família numa sessão de domingo à tarde. Possui um argumento simples, que visa dar profundidade à amizade de Jess e Leslie e cujos efeitos especiais não são mais do que um complemento adicional esporádico. Este é, aliás, o grande problema do filme realizado por Gabor Csupo. A promessa de efeitos especiais de ponta e uma história fantástica mirabolante é defraudada em detrimento da vertente mais humana ou se quisermos quotidiana com que as personagens são tratadas. Sem ser um mau filme, «O Segredo de Terabithia» é talvez a mais fraca adaptação de literatura fantástica pós-«Senhor dos Anéis».”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate