Ocean's 13 (2007)

poster

a crítica

Entre o puro entretenimento e diversão cinematográfica, o terceiro capítulo da saga Ocean é um filme exuberante na forma como coloca as suas imagens num plano sempre superior (responsabilidade do mago Soderbergh), e num misto de experimentalismo de quem sabe ser diferente e ao mesmo tempo consegue o que quer. «Ocean's Thirteen» é um deslumbre visual pelos planos, mas também pela descontraída proposta que os actores nos fazem para entrar num universo já à partida cativante por excelência. Menos não seria de esperar do lote de magníficos actores que integram o elenco, com claro destaque para Al Pacino, Andy Garcia e George Clooney. «Ocean's Thirteen» derrapa um pouco por não arranjar uma história tão bem sucedida como a do primeiro filme, mas por sua vez é bem superior ao segundo. O elemento feminino desaparece e que dava um especial charme às histórias anteriores, essencialmente protagonizadas por homens e um excesso de personagens que dá pouco espaço para brilhar alguns dos muitos talentos, como por exemplo, Brad Pitt que está presente de corpo mas não de alma. «Ocean's Thirteen» é uma aposta ganha contra quem inicialmente (eu incluído) se mostrava céptico parente tal desfile de celebridades na mesma fita.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
Em OCEAN'S 13 existe uma sensação de liberdade que parece contrariar os esquematismos formais genericamente associados ao formato blockbuster, relançando mais uma vez a ideia (da qual, aliás, sou defensor) de que as grandes produções podem ser extraordinários objectos artísticos e, ainda assim, tocarem na sensibilidade de qualquer espectador.”
Tiago Pimentel, Premiere