(2007)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

3.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 11 de Fevereiro de 2014 às 01:15

Sem nada de extraordinário, mas competente.

3.5/5jonas jonas 19 de Maio de 2010 às 18:45

gostei bastante..Joaquin Phoenix é realmente um excelente actor. Brinda-nos aqui com uma interpretação de grande qualidade...pena agora ter-se afastado destas andanças e ter dedicar-se ao mundo da musica..3.5*

2.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 28 de Março de 2009 às 11:12

Não percebo todo o "movimento" em prol deste banal filme. Uma história em nada nova (e pouco plausível, para se ser honesto..), acção medíocre e interpretações ao mesmo nível. "O melhor do ano"?? Ou então não...

2/5

dragoonfire dragoonfire 15 de Novembro de 2008 às 23:31

Também não gostei deste filme.

3.0/5Luis Carvalho Luis Carvalho 20 de Setembro de 2008 às 23:54

Esteve perto de ser um filme bom. No entanto, é um filme razoável. Com óptimos actores, com um enredo que dava para muito mais, sinseramente contava com um filme muito melhor. No entanto é um filme que se vê bem. Gray fica-se mais uma vez pelo mediano, é pena, porque esta história tinha potêncial.

3.0/5Ricardo Sousa Ricardo Sousa 31 de Maio de 2008 às 14:40

Muito mal explicada a saida da Eva.
Filme razoavel

Te Te 18 de Maio de 2008 às 01:10

Uma história banal, um enredo pouco original, bons actores a desempenharem papeis desinteressantes e sem conteúdo...Quem viu Joaquin Phoenix no seu melhor em “Gladiador” e “Walk the Line” é impossível não establecer uma comparação, Eva Mendes esforça-se para ganhar alguma credibilidade cinematográfica mas continua a ter um papel meramente secundário . A realização por James Gray é o melhor do filme, cenário e imagem perfeitamente ajustado á época transmite – nos de uma forma real a pouca credibilidade policial na luta contra o tráfico, contudo não é capaz de se igualar a Copolla nem a Scorsese. Uma nota aqui para Mark Whalberg , que se ajusta muito mais ao papel desempenhado em “Entre inimigos” . Momento alto do filme: perseguição debaixo de chuva intensa, original mas ainda assim sem conseguir surpreender.

4.0/5Cinéfilo26 Cinéfilo26 15 de Maio de 2008 às 03:35

Bom filme

Nelson Costa Nelson Costa 22 de Abril de 2008 às 22:25

bom excelente
eva grande eva

nuno88 nuno88 22 de Abril de 2008 às 14:22

Bom filme, mas nao esperem nada de extraordinario.

2.5/5Hugo Gomes Hugo Gomes 20 de Abril de 2008 às 00:41

"Eva Mendes, que por graças divinas, encontra-se meramente bem num papel que o qual cabe-lhe que nem “ginjas” (...)é daqueles filmes tão pretensiosos que facilmente se esquece. Por isso não o tentem comparar com The Departed."

- Hugo Gomes (Cinematograficamente Falando) **

3.5/5R0NIK R0NIK 16 de Abril de 2008 às 19:42

Concordo com o kimERA, a 100%

5.0/5Bruno Bruno 16 de Abril de 2008 às 09:24

Filmalhaço!! Mais uma grande interpretação de Joaquin Phoenix mto bem secundado por M Wahlberg, R Duvall e Eva Mendes. Muito, mas muito bom!!!

lfda lfda 15 de Abril de 2008 às 21:09

É por filmes como este que eu amo o cinema!

4.0/5kimERA kimERA 14 de Abril de 2008 às 13:50

Não achei o filme nada de especial, não surpreende em nada e embora considere Phoenix um dos melhores actores desta geração não achei que conseguísse mostrar o suposto poder da personagem enquanto gestor do Club.
É um filme com estilo e bom de se ver, mas que pertence ao grupo dos banais.

Ricardo Filipe Pina Ribeiro Ricardo Filipe Pina Ribeiro 13 de Março de 2008 às 13:35

O filme é fabuloso. Joaquim Phoenix depois de walk the line volta a demonstrar que é um grande actor com mais uma excelente interpretação bem secundado por Robert Duvall, Mark Wahlberg e Eva Mendes.

5.0/5Celtaluso Celtaluso 12 de Março de 2008 às 02:54

Estou completamente de acordo. Este filme está fabuloso, sem duvida entre os cinco melhores do ano. Phoenix demonstrou mais uma vez ser um excelente actor.

5.0/5Loupenko Loupenko 2 de Março de 2008 às 05:14

Sinceramente, às vezes não percebo a crítica, este filme é o melhor filme do ano! não se percebe o esquecimento nos óscares, 100x melhor que "Departed" e tem um toquezinho de "Tropa de elite", mostrando o lado dos polícias, não consigo encontrar um ponto fraco neste filme, o argumento, realizador, actores, fotografia, banda sonora, etc., é tudo fantástico, no fim fica-se a pedir mais deste realizador, muito bom mesmo, e Phoenix ofusca todos os outros actores, que tb fazem um grande papelão, é a confirmação de um actor que assim como Al Pacino e Robert DeNiro, marca uma geração e destaca-se no cinema... 5*