(2007)

poster

a crítica

Um exercício de estilo semelhante a «O Informador» de Michael Mann, e cuja mensagem é indiscutivelmente pertinente, «Michael Clayton» permite mais uma vez que George Clooney e, sobretudo, Tom Wilkinson brilhem. Na realização, Tony Gilroy está igualmente soberbo, com um eficaz jogo de ritmos que evita a toada séria e amorfa que várias vezes nos é sugerida, mas felizmente evitada. Um filme intenso, carregado de actualidade, que debate o lugar da ética na actual sociedade capitalista.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
MICHAEL CLAYTON parece um pouco mais entusiasmante do que é. Mas a mão de Tony Gilroy não é especialmente ágil, e talvez nem muito sincera, e o seu filme parece sempre avançar por efeito calculado, mais "poseur" do que outra coisa. Não é desagradável, mas se não é o deve essencialmente ao trio de actores”
Luís Miguel Oliveira, Público