Elizabeth - A Idade do Ouro (2007)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

3.5/5Mónica Bonjour Mónica Bonjour 30 de Março de 2012 às 12:58

Bom bom filme. belo romance. tudo é cativante. exelente interpretação de Cate Blanchett.

3.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 7 de Julho de 2011 às 20:02

Um filme interessante.

2.5/5CODEX CODEX 22 de Agosto de 2009 às 04:41

Jorge Mourinha diz tudo:
“Onde "Elizabeth" era sombrio, claustrofóbico, brutal na sua abordagem da história como uma constante luta de poder, agora temos uma extravagância vistosa e histriónica sobre Isabel como uma diva esquizofrénica que se ressente de não poder ser uma mulher realizada”
Não está a altura de épicos, e bem que esta Rainha merecia uma adaptação bem mais completa.
2,5*

2.5/5kimERA kimERA 30 de Setembro de 2008 às 13:38

Muito morto, muita conversa, os espaços são quase sempre os mesmos. Um filme de época, para mim tem de ter alguma grandeza e ambição.

5.0/5Fernão Fernão 15 de Junho de 2008 às 00:18

Podia ter sido melhor, e por isso fiquei um pouco desiludido.
Vou ter de entrar em desacordo com a maior parte do que o "Loupenko" disse.
Não é um filme de americanos, se para Loupenko, um filme americano é o filme que tem um ou dois actores americanos então o filme "Atrás das linhas do Inimigo" com o Joaquim de almeida é a um filme português, ou o filme "Miami Vice" com a actriz portuguesa que entra no filme "Odete" (acho), e só faz um bocadinho do filme, é português.
Eu, estudo realização, sou português, e podia muito bem fazer um filme sobre o lincon e a guerra civil dos EUA...por isso não vejo mal nenhum em o Manuel de Oliveira fazer um filme sobre os EUA.
Mais, tu não vives-te na época, só se fores como o personagem principal que apareçe no filme "Duelo Imortal", ele era imortal, mas a partida não és, por isso não sabes se aquilo se passou como tu pensas. E mais, de acordo com os registos escritos, Espanha era temida por toda a Europa, e a "Armada Invencivel" era tão grande como apareçe no filme...(supostamente)
O Realizador (que nasceu na India inglesa"quando ainda era dominada pelos ingleses") deu um ar demasiado surrealistico, mas, a maior parte das pessoas não conheçe a história da rainha Elizabeth, ouviram falar do nome, mas a história desconheçem, por isso o filme é fascinante para essas pessoas. Acho que o filme está bom, e não é tempo desperdiçado para quem aprecia filmes do tempo do Apoeu do Domino espanhol.
Ps: Loupenko, não sei se e iformas-te, mas os argumentistas são britanicos, e um deles, trabalhou na série "Os Tudors".

1.0/5Loupenko Loupenko 24 de Fevereiro de 2008 às 03:17

não admira que no imdb esteja tão bem cotado, é um filme para americanos, feito por americanos, sobre a Europa, logo desde aí é um flop, o argumento é o de uma telenovela, as representações são medianas e algumas exageradas, a História não existe, ou seja é deturpada, e o fanatismo religioso é ridicularizado da parte dos espanhóis mas dos ingleses nada, quem sabe e conhece esta história vai-se desiludir, é uma visão americanizada da armada invencível, é como se Manuel de Oliveira fizesse um filme sobre o Lincon e a guerra civil dos EUA...
Só se safa o guarda-roupa a caracterização e os cenários, o resto é o que se consegue com argumentistas amadores americanos que nunca estudaram a História do resto do mundo, para esquecer... 1 *

Te Te 30 de Janeiro de 2008 às 19:19

Um filme muito centrado em cate blanchete que acaba por ofuscar personagens tao bem cotadas como clive owen, na minha opinião uma narrativa um pouco cansativa e pouco cativante, o filme vale pela interpretação de Cate perde, pelo argumento.

3.0/5Liliana Liliana 14 de Novembro de 2007 às 12:38

esperava que fosse melhor, por isso fiquei um bocadito desiludida...

Bruno Vieira Bruno Vieira 6 de Novembro de 2007 às 11:58

Gostei bastante, acho que está bem interpretado, 4*