Uma Chamada Perdida (2008)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

1.5/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 7 de Janeiro de 2012 às 01:43

Tenta seguir a fórmula de sucesso de O Último Destino, mas partindo de outra lógica. Resulta apenas num acumular de cenas desconexas, apressadas e non sense. Mesmo com (muita) imaginação torna-se difícil sermos convencidos pela história.

1.5/5NapZ NapZ 10 de Agosto de 2009 às 19:02

Digo o mesmo. Sinceramente esperava melhor.. até me cheguei a rir em partes do filme de tão ridiculas que eram.

Enfim a minha pontuação é 4/20.

1.5/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 7 de Julho de 2009 às 11:16

Este filme apenas entretem nao é nada de especial!!!

2.5/5Adriano Adriano 2 de Março de 2009 às 00:42

Para os amantes do genero apenas uma desilusão , fraco 2.5/5*****

1.0/5DiHenry DiHenry 31 de Dezembro de 2008 às 14:48

Filme sem pés nem cabeça, então aquele final era escusado, enfim uma perda de tempo ver esta treta de filme.

1 estrela.

1.5/5Rui  Fernandes Rui Fernandes 22 de Novembro de 2008 às 12:52

nao e nada de especial entretem um puco mais nada

julito julito 13 de Outubro de 2008 às 16:56

Filme que entretem um pouco, sem nos transportar para a espera arrepiante de algo terrivel, que este tipo de filmes deve carregar.
Passado um mês nunca mais me vou lembrar dele.
Talvez vendo uma segunda vez, o que sinceramente não me apetece nada.
Adeus e boas fitas

Paulo Costa Paulo Costa 18 de Abril de 2008 às 23:36

Mais um remake de um filme de terror oriental, não que isso seja mau para apreciadores deste género cinematográfico, contudo começa a cansar um pouco e será, certamente, preferivel ficarmo-nos pelos originais.
A acção, os cenários e a caracterização remetem-nos, quase imediatamente, para o ciclo de filmes despertado pelo fantástico "The Ring" (2002), não trazendo nada de novo.
Quanto ao argumento, também aqui não coexiste originalidade, o tema das assombrações pós mortem de personagens psicológicamente instáveis e marcadas por uma existência de violência está de volta. O tema dos maus tratos infantis é transversal a todo o filme salientando as marcas deste.
Os efeitos especiais caiem na caracterização de algumas personagens tornando-as um pouco ridiculas e sem o dom de nos fazer saltar da cadeira.
Paralelamente ao enredo sobrenatural é desenvolvida uma relação amorosa entre os protagonistas, ficando-se por fragmentos de entreolhares e intenções não concretizadas.
Concluindo, filme de pipoca que não deixará marca mas que se visualiza bem do ponto de vista do entretenimento puro sem outras aspirações.

nuno88 nuno88 14 de Abril de 2008 às 17:08

Esperava mt mais deste filme, entretei um pouco, de resto nada de especial.