(2008)

poster

a crítica

O que salta à vista neste filme de John Patrick Shanley é o universo que o realizador desenvolve através de uma perfeita recriação de época, situada no pós-assassinato de JFK, em que uma igreja suburbana resiste à modernização, embora mostre estar bem elucidada sobre os problemas/tabus (abuso sexual de menores por parte de membros do clero e tradições obsoletas), que apenas nos anos 90 passaram definitivamente a fazer parte do nosso quotidiano. Depois temos as soberbas interpretações de Philip Seymour Hoffman e Meryl Streep, cuja química nos confrontos é simplesmente arrebatadora. «Dúvida» apenas tem um pequeno senão: apesar de ter um argumento interessante, nunca o desenvolve para além das relações de proximidade entre Hoffman, Streep e Amy Adams, perdendo o factor mais importante numa discussão do lugar da igreja na sociedade: a sua dimensão social.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate
Tem os seus momentos de tensão e, na falta de uma história sólida para contar, o elenco consegue extrair algum sumo da ambiguidade da premissa original, mas não o suficiente para o tornar num filme interessante.”
Marco Oliveira, Premiere