Nas Nuvens (2009)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

4.0/5antonio Junior antonio Junior 11 de Setembro de 2010 às 04:48

Gostei do filme, sobretudo das interpretações de clooney e Vera Farmiga que estiveram em bom plano.

1.0/5dragoonfire dragoonfire 11 de Abril de 2010 às 15:10

nao gostei

2.5/5André Filipe Moreira Santos André Filipe Moreira Santos 6 de Abril de 2010 às 23:19

Um filme que não conseguiu levar-me às "nuvens", nem cheguei a "descolar"...2.5*

R3fus3d R3fus3d 19 de Março de 2010 às 17:47

um filme no qual não me surpreendeu em nada, foi o que pensei que seria quando vi o trailer, nem bom nem mau, simplesmente regular. Já vi filmes melhores e bem piores a ganharem os oscars lol não acho que seja mais merecedor que hurt locker.

3.5/5jonas jonas 16 de Março de 2010 às 17:05

ta um filme bastante agradavel de ver..com pés e cabeça. George Clooney tem uma interpretação boa mas nao para oscar. Uma interpretação deveras acima da media é a de Anna Kendric, porem, o oscar foi merecidamente entregue a Monique de Precious. Uma realização agradavel de Jason Reitman e um argumento bastante bom..3.5*

1.5/5Liliana Liliana 10 de Março de 2010 às 23:33

George Clooney vencedor? Não gostava de ter visto isso. Não acho que a sua interpretação seja assim tão fora de série. Assim como o filme. Sim, pode ser encarado como uma reflexão sobre a vida em sociedade... mas não considero que seja uma das melhores. É realista sim, mas é também monótono e cansativo... demasiado comum, e em vários momentos, talvez... demasiado fútil (mesmo que o seja intencionalmente). Não considero este filme especial ou minimamente marcante. 1,5*

4.5/5Mariaana Mariaana 7 de Março de 2010 às 01:10

Este filme surpreendeu-me! Pela positiva.. no inicio não gostei nada, os primeiros 20 minutos foram intragáveis.. mas depois muito graças a personagem de Anna Kendrick passei a adorar o filme :) e recomendo vivamente. Se deve ganhar os oscares é outra história. Dos nomeados só vi este, o Up - Altamente (que n gostei) e o An Education. E, dos três, para mim, deve ganhar An Education.
Na categoria de melhor actor é que gostava de ver o Cloney vencedor. :)

4.5/5Rolling-Murray Rolling-Murray 3 de Março de 2010 às 11:52

Para não variar, Jason Reitman dá-nos mais uma comédia dramática de grande qualidade, depois de "Thank You For Smoking" e "Juno". É possível, até, encontrar grandes semelhanças entre o seu primeiro filme e este "Up in the Air": tal como a personagem de Aaron Eckhart (um lobbista da indústria tabaqueira), Ryan Bingham desempenha uma das profissões mais odiosas do planeta, e fá-lo com um zelo tal que as consequências do seu trabalho são por ele completamente descartadas depois de "feito o serviço". No entanto, as suas relações interpessoais acabarão por fazê-lo ver a vida de outro modo. No caso de Bingham, o seu fundamentalismo é ainda mais extremo, pois abrange também a rejeição de qualquer tipo de compromisso e condescendência com as pessoas que o rodeiam.
George Clooney desempenha na perfeição o papel principal, que lhe assenta que nem uma luva, muito bem acompanhado sobretudo pela excelente Vera Farmiga, finalmente com uma frequência de trabalho ajustada à sua qualidade e magnetismo enquanto actriz.
Uma nota final para os belíssimos postais aéreos dos EUA e para uma banda sonora de inspiração folk, tal visto em "Juno".

4.0/5lordoftherings lordoftherings 1 de Março de 2010 às 01:48

Bom filme, com um desfecho imprevisivel.
4*

4.5/5ff ff 26 de Fevereiro de 2010 às 21:39

acrescentar que é das melhores reflexoes sobre a vida em sociedade. Pode ter defeitos, pode ter momentos desagradaveis, mas so é possivel ter momentos felizes tendo alguema ao nosso lado

2.0/5Lord of the Rings Lord of the Rings 23 de Fevereiro de 2010 às 12:23

Não gostei assim tanto do filme para estar junto dos 10 nomeados, mas tb nao sou especialista na materia.
Para mim na luta com Avatar, perde com alguma distancia.
2*

4.5/5MIGUEL MIGUEL 22 de Fevereiro de 2010 às 21:43

NAS NUVENS apresenta, sem dúvida, uma obra repleta de ideias originais, isto é, bom argumento, consegue abordar outro tipo de assuntos nunca falados na história do cinema a que não dão grande valor além destes assuntos terem grande importância.
Em termos de interpretações, George Clooney, Vera Farmiga e Anna Kendrick demonstram que sabem representar personagens diferentes, um pouco estranhas (até), e o mais importante sabem ser muito credíveis.
A introdução do filme onde apresentam os créditos em conjunto com várias imagens vistas do avião está magnífica.
O único aspecto negativo é que o filme consegue abordar e falar sobre o tema além de não ter ritmo nenhum, muito parado o que leva menos espectadores a ver o filme (além de não ser correcto).
Também podiam aproveitar melhor as paisagens dos sítios onde ouve as rodagens, mas o realizador optou por perder menos tempo com paisagens e mais tempo com a história, não é um grande problema.
De resto o filme está de parabéns, os actores, o realizador, o porodutor... todos estão de parabéns.

4.0/5Filipe Nunes Filipe Nunes 15 de Fevereiro de 2010 às 00:39

Claramente inferior a Juno mas, ainda assim, um filme muito interessante que aborda temas complexos e actuais de uma forma, aparentemente, descomplexada. Sem ser uma obra-prima, é claramente um filme muito superior às coisas da plástico tão na moda.

4/5

the soprana the soprana 14 de Fevereiro de 2010 às 23:35

Um filme bom, mas nada de especial para ser o melhor de 2009. Os diálogos são bastante forçados e as personagens um pouco desligadas. Mas vê-se muito bem e é agradável.

3.5/5Zukunft Zukunft 8 de Fevereiro de 2010 às 02:12

nos últimos tempos(quase anos) tenho acompanhado mais séries que filmes, mas porra se este é dos melhores filmes de 2009 tamos mal lol ta engraçado, mas nada de especial, filme para se ver em casa, claramente.

3.5

3.0/5Luís Fonseca Luís Fonseca 7 de Fevereiro de 2010 às 03:17

Desiludiu-me.
Citando alguem muito especial: "imaginem a rotunda a 100 metros de minha casa, é como ir ate la e voltar para casa".
Assim descrevo o filme.

alex alex 6 de Fevereiro de 2010 às 15:49

Como é possivel que uma comédia de Domingo á tarde pode ser considerada um dos melhores filmes de 2009, apesar de ter um argumento interessante e boas interpretações, acho que é um pouco exagerado estar nomeado para os óscares, deixando de lado outros grandes filmes como: Invictus,Antichrist e Tudo pode dar certo.

Ana Paula Luna Carlos Ana Paula Luna Carlos 1 de Fevereiro de 2010 às 23:06

Extremamente aborrecido, sensacionalista, embora tenha um argumento muito actual, achei irrealista!
Diálogos escritos á medida, frases feitas, palavroes encaixados para dar algum realismo e ter alguma piada. Um George Clooney cheio de tiques com sorrisos forçados, não me parece nada o seu melhor, nem se esforça para correr como deve de ser!
Há muita coisa que falha neste filme, mas os diálogos são mesmo de fugir, realização presunçosa, quer transmitir á força toda conteúdo e mensagem, mas fica pelas intenções!

3.5/5diogo diogo 31 de Janeiro de 2010 às 18:28

Bom filme.
O melhor de 2009? Não sei.
George Clooney tem aqui um grande papel, se não fosse ele o filme não teria a mesma "força".

Vera Farmiga deu pouco á sua personagem, fico com a sensação que daquela personagem podias-se tirar mais sumo.

A historia do filme é muito boa!
Nota 3.5*

JOAO JOAO 31 de Janeiro de 2010 às 02:06

Interessante sem duvida, mas tinha mais por onde se "puxar".

5.0/5tiagosantosaad tiagosantosaad 30 de Janeiro de 2010 às 11:48

excelente filme. Poderá ser uma decepção para quem vá ao cinema a contar com uma comédia romântica cliché daquelas em que de fact, nos rimos, mas passado um mês já ninguém se lembra delas. Este filme é um filme do qual não se esquece. Um filme com uma mensagem. Recomendo a toda a gente.

5/5

"Nós não somos cisnes. Somos tubarões"

2.5/5Bernardo Bernardo 29 de Janeiro de 2010 às 13:57

Embora tenha um início auspicioso, o desenlace relativiza completamente o que o filme vinha defendendo (o que já parece ser um motus operandi no director); os ditames que o personagem de Clooney passa às suas "vítimas" são encarados como hipócritas e frios, para no final seram oferecidos como a grande mensagem do filme.

Mas apesar deste naufrágio temático o resultado final não desagrada, principalmente porque o Reitman um director de actores nato e também imprime grande fluidez às transições da narrativa.

3.0/5kimERA kimERA 28 de Janeiro de 2010 às 13:19

Bom filme mas como comédia tem pouca piada.

4.5/5ff ff 23 de Janeiro de 2010 às 23:23

é o filme de afirmaçao do realizador, depois de fazer dois bons filmes. Este, é sem duvida, o melhor dele. Nota-se evoluçao.

Muito bem filmado, com planos e sequencias muito interessantes. Muito bem interpretado por george clooney, soberbamente escrito, com muito humor, transmite uma mensagem, como os outros dois filmes do realizador, e ainda tem uma boa banda sonora. Portanto, é um filme muito agradavel, aconselhavel, sem duvida nenhuma. Pode ganhar o oscar para melhor filme, embora nao seja indiscutivel, e clooney merece, pelo menos, ser nomeado

4,5

4.0/5Jorge Ferreira | jomirife Jorge Ferreira | jomirife 21 de Janeiro de 2010 às 14:24

Pelo trailer não me parecia um filme muito interessante, mas depois de ver alguns clipes comecei a achar interessante. Na verdade o filme está muito bom, têm história. E mostra como as pequenas coisas na nossa vida, são muito importantes. A prestação de George Clooney esteve muito boa. Nota 4/5, está muito bom, e vale a pena ir ver ao cinema. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

3.5/5Nada Nada 16 de Janeiro de 2010 às 01:29

Um filme sobre a vida, sem ser faccioso ou pretensioso. Muito agradável de se ver.

7/10

4.5/5Valverde Valverde 13 de Janeiro de 2010 às 15:38

Up in the Air é quase como um fechar em grande de uma decada de muito bom cinema. Este filme de Jason Reitman, que pode ser o melhor de 2009, é de um trabalho genial tão grande e poderoso que deve ser encarado como um futuro classico. É sobre as nossas vidas e como podemos ser tão pequenos e, mais do que tudo, como nunca sequer estamos certos sobre quem somos e o que fazemos. George Clooney têm o melhor desempenho da sua carreira. Filme obrigatório!